Notícias

Abandonado: criador de Abandoned pede calma e menos toxicidade

Fundador da BLUE BOX pediu para jogadores baixarem as expectativas em torno do título

por Jean Azevedo
Abandonado: criador de Abandoned pede calma e menos toxicidade

Abandoned voltou aos holofotes da indústria dos games, com novas informações sendo reveladas nessa semana. E, como de costume, Hasah Kahraman, fundador da BLUE BOX, estúdio responsável pelo título, pediu um pouco mais de calma para a comunidade. Segundo ele, a toxicidade e a pressão estão atrapalhando a equipe.

Desde as associações a Hideo Kojima — já negadas —  e brincadeiras insinuando franquias muito queridas pelos jogadores, um certo hype foi criado em torno da IPe teorias mirabolantes começaram a surgir. Depois das ameaças de morte, mais mensagens ofensivas começaram a chegar aos devs.

As pessoas precisam se acalmar. A toxicidade está criando muita pressão e estresse. Eu entendo que estão chateados, mas estamos trabalhando para entregar algo para vocês desfrutarem. Isso leva tempo. Desculpa, mas isso precisa ser dito.

Em outro tweet, ele diz o seguinte:

Além disso, usamos conteúdo original em Abandoned. Só porque você viu o teaser de abril não significa que o jogo todo é um “asset flip”. Por que acham que demoramos tanto para mostrar algo? Demora pois queremos mostrar algo bom, algo que você possa se entreter.

Muitas das reclamações, segundo Kahraman, vem de pessoas que nem tem o PS5. A BLUE BLOX, de acordo com ele, deve ser tratada como um estúdio indie e a comunidade não deve esperar um game de alto investimento. 

Abandoned terá uma nova “tech demo”

Na reta final de 2021, a BLUE BOX trouxe mais uma atualização de Abandoned para as redes sociais. O aplicativo de “experiências em tempo real” receberá mais conteúdo em breve para os jogadores de PS5. Veja mais detalhes!