Notícias

Diretor de The Last of Us 2 responde às críticas da internet

Neil Druckmann acredita que cada um pode gostar do que quiser, mas não entende "o ódio envolvido"

por Raphael Batista
Diretor de The Last of Us 2 responde às críticas da internet

The Last of Us 2 conseguiu mexer com a cabeça de muitos jogadores. A jornada emocional levou os fãs para altos e baixos, mas também foi o motivo de discussões acaloradas na internet. O jogo recebeu notas extremamente negativas no Metacritic de usuários e muitas pessoas expressaram seu descontentamento com as escolhas narrativas. Neste contexto, o diretor do game, Neil Druckmann, decidiu se pronunciar.

Em uma participação ao podcast do ex-chefe da Nintendo, Reggie Fils-Aime, Druckamnn comentou que a Naughty Dog está “orgulhosa com o resultado obtido para The Last of Us 2”. Para ele, é natural as pessoas terem opiniões divergentes, mas a parte que envolve ódio ou qualquer manifestação além da opinião, isso é um pouco difícil de lidar.

Temos uma atriz, ela realmente está mal, porque as pessoas estão a importunando devido a um personagem fictício. Eu tive um péssimo momento para lidar com isso. Tento ignorar como posso. Quando as coisas ficam sérias, existem certos protocolos de segurança que tomamos e reportamos para as autoridades. Então, eu me foco em coisas positivas que possam me distrair.

Apesar das críticas e de toda a situação, The Last of Us 2 apresentou um ótimo desempenho em vendas. O título vendeu 4 milhões de cópias em apenas 3 dias de mercado. Um marco bastante impressionante. Mesmo com toda a repercussão, a Naughty Dog não acredita ser possível a criação de uma nova sequência por ser quase impossível a justificação de uma experiência no mesmo universo.