Especiais

Leitor Indica: Sea of Solitude, uma aventura emocionante sobre a solidão

Apoiador do MeuPS, Vinícius Marques indica uma aventura intimista, reflexiva e bastante emocionante

por Redação
Leitor Indica: Sea of Solitude, uma aventura emocionante sobre a solidão

Uma Luz na Escuridão. De algum jeito, todo mundo conhece o sentimento de solidão, e Sea of Solitude trata o tema de forma direta ao colocar a garota Kay de frente com seus sentimentos e da sua baixa autoestima. Essa dor é ainda mais complicada quando é invisível por ser profundamente pessoal.

O jogador nota que o game quer transmitir sensações reais, expressadas em arte. Não é uma maneira comum de ter um contato com esse sentimento; porém, romanticamente, isto é mais real do que imaginamos. Os demônios da protagonista se transformaram em monstros nessa realidade e sempre te perseguem. Durante a progressão, Kay aprende mais sobre eles e também compreende mais a si mesma.

1

O jogo do estúdio alemão Jo-Mei Games é uma aventura breve, mas assustadora. Enquanto a personagem principal tenta se reconciliar com uma série de traumas da sua vida, ela viaja entre belas paisagens marinhas e um mundo sombrio.

Grande parte do jogo gira em torno de encontrar orbes brilhantes para descobrir as memórias de Kay. A garota pode correr e pular, também usa um pequeno barco de madeira para navegar no vasto oceano ao seu redor. A jogabilidade é uma mistura de plataformas, furtividade e resolução de puzzles.

Sea of Solitude não é desafiador, tudo é simples e bem projetado. O que faz o jogo funcionar é a maneira como ele usa aquela estrutura familiar para contar sua história. Conforme você explora, assistirá a flashbacks da vida de Kay — brigas entre seus pais ou seu irmão caçula buscando atenção —, bem como viverá seu próprio monólogo interno.

2

Mas a característica que impressiona é como as experiências de vida dela se tornam o mundo real ao seu redor. Nem sempre é sutil, mas ver vários traumas e outros problemas se manifestarem de forma tangível é muito impactante. Há uma cena onde Kay se sente sozinha, e o player literalmente se atrapalha no escuro em busca do que fazer a seguir.

Sea of Solitude não é o primeiro título a explorar a saúde mental: Hellblade: Senua’s Sacrifice é um exemplo notável — embora esses jogos costumem ser complicados. O game da Jo-Mei pode contar uma história dolorosamente pessoal, mas incrivelmente acessível. O cenário de fantasia o facilita, assim como a jogabilidade simplificada.

3

Sea of Solitude é lindo, escuro e trágico — e se acontecer de você se ver nele, esses sentimentos só se multiplicam. O jogador fica intrigado pela história até Kay descobrir o que os monstros representam e como o universo está conectado à vida dela. Nessa história, mais importa a viagem do que o destino. Compreender a si mesmo, como forma de arte.

Na PlayStation Store, o jogo custa R$ 83,50 e ele se encontra disponível gratuitamente no catálogo da EA Play.

Por Vinícius Marques, apoiador do MeuPS.

Quer ver um texto seu publicado aqui também? Basta enviar sua produção original para [email protected] com o título “Leitor Indica”.