Notícias

Square Enix havia “perdido a fé” na franquia HITMAN, diz executivo

Vendas baixas em razão do modelo episódico fizeram a publisher abrir mão dos direitos de publicação

por Raphael Batista
Square Enix havia

O chefe executivo da IO Interactive, Hakan Abrak, revelou o porquê da Square Enix ter aberto a mão dos direitos de publicação da franquia HITMAN 3. Segundo o representante, a publisher tinha “perdido a fé” nos jogos do Agente 47 em razão das baixas vendas pelo modelo episódico do game.

Tínhamos elaborado a estratégia Cavalo de Tróia que atraía as pessoas e, se gostarem, fariam o upgrade. Poderíamos conseguir volumes muito maiores no início e, com sorte, converter essas pessoas se gostarem do jogo. No entanto, o ceticismo e as perguntas ‘O que é isso?’ ou ‘Isso é acesso antecipado de uma grande editora?’  acabou registrando vendas historicamente baixas. E com o tempo, até mesmo nossa publisher e proprietária [Square Enix] havia perdido a fé naquela época.

Mesmo desacreditada, a franquia deu a volta por cima e está em seu auge. Segundo o diretor criativo, Christian Elverdam, o terceiro game da série marcará um novo rumo para a IO Interactive como publicadora e desenvolvedora.

De certa forma, acho poético que a franquia HITMAN, em seu auge, tenha sido o começo para a IO Interactive como uma empresa independente.

Novo jogo da franquia HITMAN está perto de estrear

HITMAN 3 chegará no dia 20 de janeiro e os fãs podem conferir um pouquinho mais da jogabilidade do novo título. Confira cinco minutos do Agente 37 em ação.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.