Notícias

Após 8 anos de produção, Skull & Bones finalmente chegou na fase alpha

Porém, a falta de direcionamento, as reinicializações e o ambiente tóxico de trabalho desencorajam os desenvolvedores

por Valdecir Emboava
Após 8 anos de produção, Skull & Bones finalmente chegou na fase alpha

Skull & Bones finalmente teve novidades reveladas pela Ubisoft, mas as notícias podem não ser o que os fãs esperavam para o momento. Mesmo após oito anos de desenvolvimento, o título finalmente chegou na fase alpha do projeto. Isso ainda é um pequeno passo, mas finalmente foi dado na direção certa.

Em entrevista ao Kotaku, desenvolvedores e ex-desenvolvedores do jogo falaram um pouco sobre o conturbado projeto. Entre as más notícias, foi revelado que o game de piratas sofreu diversas reinicializações — na verdade, quase uma vez por ano desde o anúncio na E3 de 2017. A falta de direcionamento e o ambiente de trabalho também vêm desencorajando a equipe envolvida na empreitada.

Relatório: Skull & Bones entrou em alfa após 8 anos de desenvolvimento

  • Orçamento em mais de $ 120 milhões;
  • Várias reinicializações quase anuais, falta de direcionamento e cultura tóxica de trabalho;
  • Um acordo com o governo de Cingapura é exigido para a conclusão.
Cena do jogo Skull & bones
(FONTE: Reprodução/Ubisoft)

Skull & Bones já custou cerca de US$ 120 milhões aos cofres da Ubisoft, que também precisa regulamentar um documento com o governo de Cingapura para dar continuidade ao desenvolvimento.

Ubisoft adiou Skull & Bones para o ano fiscal de 2022

Tem sido cada vez mais difícil depositar esperanças no lançamento de Skull & Bones, ainda mais com a nova previsão da Ubisoft para o ano fiscal de 2022 — período que começa em abril de 2022 e vai até março de 2023. Confira os detalhes!