Notícias

Brutality! Diretor diz que filme de Mortal Kombat levará violência “ao limite”

Não faltarão cenas extremamente sangrentas na nova adaptação cinematográfica

por Valdecir Emboava
Brutality! Diretor diz que filme de Mortal Kombat levará violência

Desde os seus primórdios, Mortal Kombat é conhecido pelo seu alto teor de violência — e isso não é novidade para ninguém. Dito isto, o diretor do novo filme da franquia, Simon McQuoid, disse que pretende levar a brutalidade “ao limite”.

Em entrevista recente ao SFX Magazine, McQuoid afirmou que desde o início do projeto queria levar a classificação indicativa a sério. Por conta disso, não é difícil imaginar a existência de cenas de arrancar as tripas.

Queríamos levar o [sangue, sangue coagulado e fatalities] até o limite.

Obviamente, há um ponto em que o filme se torna inviável se você for longe demais, e isso seria um retorno de investimento muito imprudente para o estúdio. Mas desde o primeiro dia estamos fazendo isso e vamos fazer de maneira adequada.

Goro lutando contra um adversário no filme Mortal Kombat.
Já imaginou a brutalidade das cenas de luta que envolvem o Goro? (FONTE: Reprodução/Warner Bros.)

Desde o início da produção, a nova adaptação cinematográfica tem como alvo a classificação “Red Band” (+18). Vale mencionar que o filme também reunirá os icônicos fatalities, então, sequências muito sangrentas provavelmente aparecerão.

Mortal Kombat será lançado em 16 de abril nos cinemas e no serviço de streaming da HBO Max. O primeiro trailer foi divulgado recentemente e acabou exaltado pelos fãs.

Recordista! Mortal Kombat se torna o trailer para maiores mais visto do YouTube

Ultrapassando “Logan” e “Deadpool 2”, o novo filme de Mortal Kombat já bateu recorde no YouTube e se tornou o trailer para maiores mais visto da plataforma — segundo um levantamento do Deadline. Confira os detalhes!

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.