Notícias

Activision bane 60 mil cheaters de Call of Duty: Warzone

No total, a empresa já baniu mais de 300 mil trapaceiros do battle royale

por Vítor Amorim Heringer
Activision bane 60 mil cheaters de Call of Duty: Warzone

A Activision anunciou o banimento de 60 mil cheaters em Call of Duty: Warzone. A ação segue o objetivo da empresa de tornar o ambiente do game mais justo e acessível para todos os jogadores. No total, o estúdio já baniu mais de 300 mil trapaceiros. Na última “leva” antes dessa, 20 mil haviam sido retirados do battle royale.

Em um comunicado no site oficial da franquia, a companhia afirmou que tem “tolerância zero” para a prática.

Temos tolerância zero para trapaceiros em Call of Duty e Call of Duty: Warzone. Nosso foco é combater trapaceiros e provedores de trapaça. Hoje, banimos 60.000 contas para casos confirmados de uso de software de trapaça em Warzone , trazendo o nosso total até agora de mais de 300.000 permabans em todo o mundo desde o lançamento. Estamos empenhados em proporcionar uma experiência justa e divertida para todos os jogadores. Este é um foco dedicado para nossas equipes de segurança, fiscalização e tecnologia.

Recentemente, os cheaters usaram o aplicativo de Warzone para se aproveitarem do sistema de matchmaking. Por conta disso, o dono do app, Dmitry Shymko, se viu obrigado a alterá-lo para acabar com a prática.

Por essas práticas, a Activision se vê obrigada a reforçar seus esforços para evitar trapaças, trazendo melhorias para seu software anti-cheat. O jogo foi o que mais lucrou em 2020, junto com Modern Warfare. Dessa maneira, para manter o sucesso, preservar o ambiente saudável é importante para a empresa.

Ações contra trapaceiros em Call of Duty: Warzone

O estúdio também divulgou uma lista com as ações já realizadas para evitar os cheaters no battle royale. Confira:

  • Desde o lançamento, realizamos várias ações dedicadas:
  • Atualizações semanais de segurança de back-end
  • Mecanismos de relatórios no jogo aprimorados
  • Adicionada autenticação de 2 fatores, que invalidou mais de 180.000 contas suspeitas
  • Eliminou vários fornecedores de software de terceiros não autorizados
  • Aumento de equipes e recursos dedicados em desenvolvimento de software, engenharia, ciência de dados, jurídico e monitoramento

Além disso, apontou os seguintes pontos que serão melhorados para o futuro:

  • Aprimoramentos em nosso software interno anti-cheat
  • Tecnologia de detecção adicional
  • Adicionar novos recursos dedicados ao monitoramento e fiscalização
  • Atualizações regulares de comunicação sobre o andamento; mais diálogo bidirecional
  • Tolerância zero para provedores de trapaça
  • Banimentos consistentes e oportunos

Call of Duty: Warzone está disponível para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series e PC.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.