Review

Madden NFL 21: vale a pena?

Último jogo de futebol americano da EA Sports na geração é "só mais um" ou tem boas inovações?

por Thiago Barros
Madden NFL 21: vale a pena?

Todo santo ano é a mesma discussão: jogo de esporte é tudo igual, pra que lançar outro? Em final de geração então… Agora, não poderia ser diferente. Em meio a esse 2020 totalmente diferente de tudo o que já vivemos, começou a temporada de lançamentos do gênero, e o Madden NFL 21 chega justamente para reabrir essa discussão.

É bem verdade que F1 2020 já tinha lançado, e passou pelo mesmo questionamento, mas agora começa a sequência que tem os games de futebol americano, hóquei, basquete e futebol. Madden é o primeiro da lista. E as avaliações do público, que já está podendo jogá-lo há 5 dias, devido ao Early Access do EA Play, no Metacritic, dizem muito.

Até o fechamento dessa análise, eram 209 análises: 2 positivas, 1 mista e 206 negativas. Em termos de notas, foram 296, com uma média final de 0,3. Sim, isso mesmo: 0,3. Obviamente, isso é o lado exagerado de alguns fãs mais hardcore decepcionados, principalmente, com a falta de grandes novidades do título.

Se você gosta da franquia ou queria experimentá-la agora, fique tranquilo: o jogo não é esse desastre todo. E até possui certas melhorias bacanas. Por outro lado, realmente, deixa a desejar em alguns quesitos. O que não dá é para fingir surpresa com isso, não é mesmo? Não dá para tapar o sol com a peneira e não enxergar que isso é a realidade de um ano final de geração de consoles.

E será assim com NBA 2K21, NHL 21, FIFA 21, eFootball PES 2021…

Joga y joga

Uma coisa que ninguém pode reclamar é de falta do que fazer em Madden NFL 21. São vários os modos de jogo que a EA Sports colocou no game. Há algumas críticas a serem feitas em alguns deles, mas é fato que você terá muito o que jogar se adquirir o título. Não importa como, por quanto tempo ou com qual estilo.

Madden NFL 21
Madden NFL 21 tem muitos modos de jogo (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Algo que fica bem claro é a mudança de foco gradual do Franchise para o Ultimate Team. A falta de preocupação com o Modo Franquia, inclusive, foi alvo de protestos na última temporada, com a #FixMaddenFranchise. Contudo, pouca coisa foi alterada nesse sentido. Isso foi uma das principais reclamações de quem já começou a jogar.

Por outro lado, o MUT está cada vez mais robusto. Eventos, desafios, upgrade de cartas, campanhas especiais… É possível gastar horas e horas e horas grindando e buscando as melhores cartinhas possíveis para montar o seu time. Se em EA Sports UFC, a companhia notou, rapidamente, que esse estilo não daria certo, em Madden o caminho parece bem parecido com FIFA.

Ultimate Team é o foco de Madden NFL 21
Ultimate Team é o foco de Madden NFL 21 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Outra “inspiração” que vem do jogo de futebol é o The Yard. Grande novidade do título, ele é como um modo VOLTA, só que de futebol americano. Jogos mais descontraídos, com menos jogadores, em ambientes diferentes dos grandes estádios da NFL. Tudo isso pode ser aproveitando tanto offline quanto online.

O Superstar KO é um misto disso com o Draft do FIFA. Aparecem opções aleatórias de grandes estrelas da liga para você “draftar”, fazer seu time e enfrentar um adversário online. Pode ser feito em coop ou sozinho e é super divertido, porque tem um senso de urgência. KO significa Knockout (nocaute) e é bem isso: uma posse de bola para cada um. Pontue, segure o adversário e você vence.

The Yard é tipo um modo VOLTA em Madden NFL 21
The Yard é tipo um modo VOLTA em Madden NFL 21 (Reprodução/Thiago Barros)

Além disso, ainda temos o Face of the Franchise, que é o modo carreira que segue o molde dos últimos anos, com uma historinha para seguir o roteiro e criar seu próprio personagem, tentando transformá-lo em uma lenda da NFL. Vemos momentos de universidade, de draft e da própria liga em si.

Passe Incompleto

A grande questão é que esses modos precisariam de alguns ajustes. A começar pelo Franchise, que é exatamente igual ao do último ano, que era igual ao do ano anterior… É triste ver que ele foi deixado de lado, visto que era uma das experiências mais bacanas da franquia – mas que claramente foi preterido por uma opção que envolve mais receita para a empresa.

Madden NFL 21_20200826142952
Gameplay de Madden NFL 21 mudou pouco (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

No Face of the Franchise, novamente, mais do mesmo. Uma história linear, diálogos sem inspiração e interações que não fazem nenhum sentido – como você ir para o banco e ter que ouvir que não jogou bem, mesmo após uma grande atuação. Fora os momentos que se quer uma consequência com sua opção de diálogo, mas se tem “outra”.

A sensação é de que nada do que você faça realmente altera alguma coisa. É compreensível ser assim nesse jogo, conforme dito logo no começo do review. Mas fica a expectativa de que, para Madden NFL 22, haja mais inovações. NBA 2K segue como o modelo ideal para esse estilo de jogo. Interações sociais, possibilidades online e variações de gameplay são fundamentais numa carreira.

Madden NFL 21_20200827203345
Snoop Dogg aparece no modo carreira (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Além disso, The Yard e KO têm como grandes atrativos o modo online e, infelizmente, para os brasileiros, é muito difícil jogar. Não por sermos ruins ou algo do tipo, mas pela conectividade mesmo. É preciso treinar muito para se acostumar com o delay e o ping que fazem com que as partidas fiquem bem mais “travadas” do que no offline.

Já no Ultimate Team, a sensação é de que os desenvolvedores querem que você não faça mais nada da sua vida. É uma infinidade de conteúdo com um grind absurdo para poder ter um grande time. Se no FIFA que são só 11 jogadores já não é fácil, imagina só com os elencos gigantescos do futebol americano…

Madden NFL 21_20200827203324
Gameplay tem novas animações (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Dito tudo isso, no que sempre brilhou, Madden NFL 21 continua com as tradições da franquia. Ambientação e gráficos seguem o padrão de qualidade que fazem com que a série seja tão aclamada. Os jogadores estão muito bem construídos e até com algumas animações – e cutscenes – novas, seja nas comemorações de jogadas ou mesmo entre um lance e outro.

Assim como no gameplay. Continua com algumas falhas, como interceptações extremamente milagrosas, de jogadores normais, e passes incompletos que deveriam ser perfeitos – mas isso é algo que a imprevisibilidade do esporte justifica, né? Mas é uma jogabilidade muito bem construída, fluida e que agrada.

Madden NFL 21_20200827203614
Gameplay continua bem bacana (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

O sistema de chamar jogadas é o mesmo, as possibilidades são basicamente as mesmas, mas também não teria muito o que mudar nesse aspecto. Algo que se destaca é como as penalidades estão mais fáceis de perceber e o fato de os X-Factor dos jogadores parecerem mais eficientes do que no jogo anterior.

Madden NFL 21: vale a pena?

No final das contas, é bem aquilo: Madden NFL 21 é o que se espera de Madden e nada mais. É quase um Madden NFL 20 2.0. Isso é ruim para muita gente, que queria mais inovações, é indiferente para muita gente, que não liga para futebol americano, e é bom para uma parcela menor de pessoas, que querem jogar o game mais atualizado independente disso.

Madden NFL 21_20200827034607
Jogo ainda é o número 1 – até porque não tem concorrente (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Por outro lado, Madden NFL 21 tem update gratuito para o PS5, então, se você adquirir o título agora no PS4, poderá tê-lo “de graça” na next-gen, o que é um atrativo interessante. Afinal, o jogo de futebol americano já é bem bonito na atual geração, imagina como vai ser no PlayStation 5, não é mesmo?

A conclusão, porém, é de que só vale a pena adquirir o título se você gosta demais da franquia e quer ter o jogo mais atualizado de todos, além de brincar no novo The Yeard. De resto, ele não justifica, pelo menos nessa atual geração, o investimento e olha…que investimento. Madden NFL 21_20200827203516

Madden NFL 21 é recomendado? (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Espere uma promoção ou deixe para ver como ele vai ficar no PS5, se estiver pensando em comprar o console no lançamento. Até porque, pelos valores atuais, de R$ 298,90 na versão standard, R$ 398,90 na deluxe e R$ 498,90 na MVP, fica meio complicado, não é mesmo?

Veredito

Madden NFL 21
Madden NFL 21

Sistema: PS4

Desenvolvedor: EA Sports

Jogadores: 1-6

Comprar na Amazon
75 Ranking geral de 100
Vantagens
  • The Yard é uma experiência bem divertida
  • Gráficos e apresentação seguem incríveis
  • Gameplay tem algumas situações mais realistas
  • Evolução de cartas no Madden Ultimate Team
Desvantagens
  • Modo Carreira pouco inspirado
  • Modo Franquia continua "abandonado"
  • Bugs acontecem durante as partidas
  • Conectividade online no Brasil continua ruim