Especiais

Os 7 vilões mais icônicos da franquia Resident Evil

Ano vai ano vem e a Capcom está ficando cada vez melhor em entregar um elenco invejável de vilões dos games

por Valdecir Emboava
Os 7 vilões mais icônicos da franquia Resident Evil

Resident Evil é uma das franquias mais consagradas no mercado em 25 anos de estrada. Muitos jogos cumpriram um papel crucial na consolidação de alguns gêneros nos anos 90 e seria impossível não mencionar o que a série da Capcom fez com o Survival Horror — Metal Gear também exerceu a mesma função com o Stealth (jogos de furtividade) naquela década.

Claro, a absoluta maioria já conhece as desventuras dos icônicos protagonistas da série. Chris Redfield, Jill Valentine, Leon S. Kennedy, Claire Redfield e muitos outros personagens que foram, e ainda são, de suma importância em uma das franquias mais rentáveis da gigante japonesa.

Personagens e vilões em pôster da franquia Resident Evil
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Todavia, Resident Evil também é indiscutivelmente detentora de um invejável elenco vilões dos games — senão, a pioneira neste quesito. E é sobre eles que falaremos a seguir.

Separamos uma lista honesta com os 7 maiores vilões de Resident Evil. Caso você seja do time que acompanha os games da série desde seus primórdios, boas lembranças te esperam nas próximas linhas!

Nemesis

Não poderíamos começar melhor, não é mesmo? Nemesis é um dos vilões mais icônicos não apenas da franquia de zumbis, mas dos games em contexto geral. O grandalhão que persegue Jill Valentine pelas ruas de Raccoon City apareceu pela primeira vez em Resident Evil 3: Nemesis — um dos clássicos indispensáveis do PS One.

Nemesis e Brad Vickers em Resident Evil 3
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Em suma, a B.O.W. (Bio Organic Weapon — Arma Biológica) da Umbrella Corporation foi desovada em meio ao caos apenas com um objetivo: eliminar os soldados remanescentes dos S.T.A.R.S. (Special Tactics and Rescue Service — Serviço de Táticas Especiais e Resgate). Esse aí provavelmente tirou o sono de muitos jogadores nos anos 90.

Albert Wesker

Reverenciado por uns e odiado por outros, Albert Wesker fez seu nome de traidor na estreia da franquia em 1996. O líder da equipe Alpha dos S.T.A.R.S. apareceu pela primeira vez durante a missão da mansão Spencer, localizada nas montanhas de Arklay — aos arredores de Raccoon City. Ao fim, se revelou como traíra e foi supostamente morto pelo Tyrant T-002.

Albert Wesker, antagonista da franquia Resident Evil
(FONTE: Reprodução/Capcom)

No fim das contas, Wesker não morreu durante a conclusão do primeiro game e acabou virando um humano com superpoderes. Depois disso, fez uma palinha em Resident Evil Code: Veronica, onde se revelou “vivinho da silva” para Chris Redfield.

Wesker acabou virando o antagonista número um da série até Resident Evil 5, jogo em que Chris e Jill finalmente conseguiram dar fim ao arqui-inimigo.

Tyrant T-002

O primeiro chefão a gente nunca esquece. O Tyrant T-002 é o icônico monstro da mansão Spencer, uma arma biológica fruto das pesquisas de Albert Wesker e Willian Birkin com o T-Vírus.

Tyrant T-002 no primeiro Resident Evil.
(FONTE: Reprodução/Capcom)

A criatura é gigantesca e dotada de inteligência, força e vulnerabilidade. Sua característica marcante é o coração do lado de fora do peito e seu braço esquerdo superdesenvolvido que possuía enormes garras usadas como arma de ataque.

Willian Birkin

Algumas pessoas podem não saber, mas Willian Birkin e Albert Wesker foram estagiários de James Marcus — um dos três fundadores da Umbrella e também criador do T-Vírus que assolou Raccoon City.

Voltando à Birkin, o cientista era tão brilhante que criou o G-Vírus — uma variante do T-Vírus. Porém, a Umbrella descobriu a empreitada secreta e o resultado não foi nada bom.

Willian Birkin, vilão de Resident Evil 2
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Nos acontecimentos de Resident Evil 2, a farmacêutica envia o esquadrão Hunk para roubar a criação do cientista. Durante a ação, Birkin é alvejado a tiros e, para não morrer, injeta o G-Vírus em seu próprio corpo para se tornar um verdadeiro monstro com sede de vingança.

Como Claire estava com Sherry (filha de Birkin) durante a fuga da cidade, a personagem passou a ser perseguida por ele. O resto é história!

Mister X

Outro grandalhão que exerceu quase a mesma função que Nemesis durante a queima de arquivos em Raccoon City. Mister X apareceu pela primeira vez em Resident Evil 2 de 1998 para dar cabo nos civis que corriam por suas vidas na caótica cidade.

Mister X, vilão de Resident Evil 2
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Ele é um dos vilões que dão dor de cabeça para Leon e Claire nos acontecimentos do segundo game da franquia. O colosso é bastante lento se comparado a outras armas biológicas, mas um soco desferido pode ser mortal.

Alexia Ashford

Alexia e Alfred Ashford são filhos de Alexander Ashford, que por sua vez era filho de um dos três fundadores da Umbrella (Edward Ashford). O pai das crianças, que também era cientista, criou os dois como experiências In Vitro, unindo genes de alta inteligência com o DNA da matriarca da família, Veronica.

Alexia Ashford, vilã de Resident Evil Code Veronica
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Obtendo sucesso na experiência, Alexia se tornou uma criança extremamente inteligente. A garota se formou na faculdade aos 10 anos, se tornou a cientista mais nova a integrar o time da Umbrella e criou o T-Veronica — que unia o vírus Progenitor com o Retrovírus de uma formiga-rainha e DNA de plantas.

Em suma, Alexia queria aperfeiçoar o vírus e ficou por quinze anos em estado de hibernação criogênica, enquanto o T-Veronica se apossava de seu corpo de forma gradual. Quando acordou, se tornou um verdadeiro monstro, entrando na mira até de Albert Wesker nos acontecimentos de Resident Evil Code: Veronica.

Família dos Bakers

Depois de muito tempo longe das raízes da franquia, Resident Evil 7 trouxe a família dos Bakers como os principais vilões do game. Os personagens Jack, Marguerite e Lucas Baker conseguiram resgatar com exímio a atmosfera de terror dos games clássicos.

Maguerite Baker, vilã de Resident Evil 7.
(FONTE: Reprodução/Capcom)

Perseguições, transformações e plot twists são o ponto forte do título graças a essa família, que te persegue até os confins do pântano mais escuro só para te atormentar.

Visto o sucesso que fez no sétimo game, a Capcom optou em reproduzir o mesmo padrão em Resident Evil Village — o jogo também será baseado em uma família, só que de duques e duquesas.

Menção Honrosa: Lady Dimitrescu, a nova vilã da franquia Resident Evil

A história por trás da antagonista de Resident Evil Village ainda é um mistério que só vamos desvendar em maio — quando o game for lançado. Porém, é importante mencioná-la neste artigo pelo notável alvoroço que causou nas redes sociais quando foi anunciada oficialmente.

Lady Dimitrescu, vilã do novo Resident Evil Village
(FONTE: Reprodução/Capcom)

A duquesa de 2,90 metros de altura caiu no gosto popular ao ser revelada pela Capcom. Ela e suas filhas vão atormentar a vida de Ethan Winters em um castelo no interior europeu. Uma coisa é certa: apesar de alta, só vimos a ponta do iceberg.

Gostou da lista? Qual o seu vilão favorito da franquia Resident Evil? Comente na sessão abaixo!

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.