Notícias

EA é criticada por fazer propaganda de microtransações de FIFA em revista infantil

EA faz guia em revista infantil sobre como "usar FIFA Points" e recebe críticas na internet

por Vinícius Paráboa
EA é criticada por fazer propaganda de microtransações de FIFA em revista infantil

A Electronic Arts está recebendo críticas por ter feito uma propaganda de microtransações de FIFA 21 na última edição da Smyths Toys, uma revista infantil do Reino Unido. A publicidade inclui um guia sobre como “criar o seu Ultimate Team” e como “usar FIFA Points para abrir pacotes”.

De acordo com “StoneoLFC”, um usuário do Twitter, este já é o segundo ano consecutivo em que a EA promove compras in-game no veículo.

Através do fórum do Reddit, o internauta “freakedmind69” criticou a propaganda na Smyths Toys. Para ele, isto não poderia acontecer em uma revista infantil, pois incentiva crianças a gastarem dinheiro.

Eu acho isto extremamente errado, não apenas por aparecer em uma revista infantil, mas porque estão dizendo que você deve adquirir pontos e abrir pacotes. Normalizar compras in-game para crianças é muito antiético.

O Ultimate Team é o modo mais popular e rentável do simulador de futebol. No último ano fiscal, a Electronic Arts lucrou US$ 1,5 bilhão em microtransações de FIFA, NHL e Madden – o terceiro ano consecutivo onde o montante ultrapassa a casa de US$ 1 bi.

Microtransações de FIFA em xeque?

Vale também lembrar que em janeiro, a diretora do Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido, Claire Murdoch, pediu publicamente o banimento das loot boxes. Ela fez uma ligação entre a mecânica de monetização com o vício em apostas, dizendo estar particularmente preocupada com o impacto disto em crianças.