Notícias

Sony, Microsoft, Amazon e Google disputam aquisições de estúdios [rumor]

Crescimento do setor de games em 2020 está despertando a atenção das maiores empresas do mundo

por Vítor Amorim Heringer
Sony, Microsoft, Amazon e Google disputam aquisições de estúdios [rumor]

A disputa pela compra de estúdios de games em 2021 promete ser acirrada. Segundo Brad Sams, reconhecido como fonte de notícias da Microsoft, revelou em seu canal de YouTube que a empresa junto com a Amazon, Google e Sony estão de olho no mercado e podem competir pela aquisição de novas companhias.

Apesar de incluir a gigante japonesa, ele não acredita que ela esteja tão disposta quanto as outras empresas. Além disso, o influenciador também aposta na Electronic Arts, sobretudo após a compra da Codemasters.

É difícil ver quais companhias serão compradas e por quem, mas posso dizer que existem alguns grandes nomes na indústria que foram abordados pela Microsoft, mas também pela Amazon e Google. A Sony faz parte da conversa, mas não parece ser tanto quanto a Google e Amazon são quando a Microsoft entra em cena. Também tem a EA, olha para o que aconteceu com a Codemasters, por exemplo.

Com o crescimento da indústria em 2020, outras instituições não tradicionais do setor devem investir ainda mais no mundo dos games, como a Amazon e o Facebook. A empresa do bilionário Jeff Bezos já possui o Prime Gaming e pode expandir. Falando em serviços, a Microsoft também deseja continuar investindo no sucesso do Game Pass, que já possui 15 milhões de assinantes. Enquanto o Google pretende aumentar o catálogo do seu streaming de jogos, Stadia.

A Amazon e Facebook perseguem genuinamente uma nova propriedade intelectual e depois tem a Microsoft que quer construir esta solução gaming Game Pass. Fique atento a aquisições, ouvi sobre muita coisa que está a acontecer e sei de 3 alvos específicos para várias companhias atualmente.

Vale destacar que as informações neste artigo não são oficiais. Então, tenha cautela e trate-as como rumor.

Gastos com jogos digitais batem recorde em 2020

Segundo o relatório anual da SuperData (via GamesIndustry), os gastos com jogos digitais tiveram um aumento de 12% e atingiram US$ 127 bilhões em 2020. Do total, US$ 73,8 bilhões vieram de dispositivos móveis, US$ 33,1 bilhões de PCs e US$ 19,7 bilhões de consoles. Além disso, conteúdos de videogames geraram US$ 9,3 bilhões, com mais de 1,2 bilhão de espectadores em diversas plataformas.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.