Notícias

EA atravessa Take-Two e deve adquirir Codemasters por US$ 1,2 bilhão

A negociação deve ser concluída no primeiro trimestre de 2021

por Vinícius Paráboa
EA atravessa Take-Two e deve adquirir Codemasters por US$ 1,2 bilhão

A aquisição da Codemasters junto à Take-Two Interactive tomou um rumo inesperado: a Electronic Arts aplicou um “chapéu” na concorrente e chegou a um acordo para adquirir a publisher britânica por US$ 1,2 bilhão (cerca de R$ 6,08 bi). A negociação deve ser concluída no primeiro trimestre de 2021.

O presidente da Codemasters, Gerhard Florin, disse em comunicado que ambas companhias “compartilham a mesma ambição para liderar o gênero de videogames de corrida”.

Nós sentimos que essa união proverá um excitante e próspero futuro para a Codemasters, pois permitirá que nossos times criem, lancem e forneçam maiores e melhores jogos para uma audiência extremamente apaixonada.

O diretor executivo da EA, Andrew Wilson, também se pronunciou a respeito. Para ele, as empresas começarão uma “nova era” entre os títulos de corrida. Além disso, a publisher norte-americana pretende usar sua tecnologia para aumentar a popularidade das franquias desse gênero.

Nossa indústria está crescendo, a categoria de corrida está crescendo, e juntos nos posicionaremos como líderes em uma nova era de entretenimento de corrida. Com uso total da tecnologia, experiência de plataforma e alcance global da EA, esta combinação permitirá que nossas franquias cresçam e que entreguemos mais experiências a uma base de fãs pelo mundo.

Se a compra for completada, a Electronic Arts adicionará ao seu catálogo nomes como F1, DIRT, Grid e Project CARS. A companhia já é dona de nomes consolidados como Need For SpeedBurnout.

Take-Two e Codemasters

Anteriormente, a Take-Two havia feito uma oferta de £740 milhões (cerca de R$ 5,2 bilhões) para adquirir a Codemasters. A negociação parecia concluída, pois a publisher até comemorou o acordo, porém, não é mais o caso.

Ainda não é sabido se a dona de GTA, Red Dead Redemption e NBA 2K prepara uma contraproposta ou se outra empresa se juntará à “corrida”. Por enquanto, a EA está com a faca e o queijo nas mãos.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.