Listas

Os consoles PlayStation mais vendidos da história

Em 26 anos de indústria, a PlayStation foi conquistando gradualmente seu espaço na casa de mais de 550 milhões de residências mundo afora

por Valdecir Emboava
Os consoles PlayStation mais vendidos da história

Marca reconhecida no mercado de eletrônicos há 26 anos, a PlayStation é uma das empresas mais estimadas da indústria de games, que foi conquistando gradualmente seu espaço na casa de mais de 550 milhões de residências mundo afora. O primeiro videogame da companhia foi lançado em 1994, e desde então, vem emplacando um sucesso atrás do outro.

De consoles convencionais a portáteis, a gigante japonesa sempre ofereceu experiências marcantes desde a quinta geração, quando entrou neste mercado com a brilhante empreitada do engenheiro Ken Kutaragi — o pai do PlayStation.

E de acordo com a Pesquisa de Games Brasil em 2020, 40% dos entrevistados – 5.830 gamers -, possui um PS4 em casa. O que mostra a força do aparelho, também em nosso país.

Consoles PlayStation mais vendidos no Brasil
(FONTE: Reprodução/Pesquisa de Games Brasil)

Você sabe quais são os PlayStation mais vendidos?

Lembrando que a lista está em ordem dos PlayStation mais vendidos para os menos vendidos.

1. PlayStation 2 — 155 milhões de unidades

Não é apenas é o console mais vendido companhia nipônica, mas também o mais comercializado da história, sendo responsável por formar o caráter de muitos entusiastas no começo do século XXI. Os números ultrapassam a casa dos 155 milhões de unidades desde o seu lançamento em 2000. E olha que chegou oficialmente no Brasil só em 2009.

PlayStation mais vendidos - PS2, console mais vendido da marca com fundo azul.

Suas funcionalidades extras, como conexão com a internet e leitura de DVD, eram um deleite para a época e deram uma impulsionada nas vendas. Mas o verdadeiro culpado foi o catálogo invejável de jogos marcantes.

Inclusive, são tantos títulos impactantes, que tivemos que dividir um artigo especial em duas partes para dar conta da demanda — e ainda faltou espaço. Fique a vontade para dar uma olhada, os links estão logo abaixo:

2. PlayStation 4 — 115 milhões de unidades

O PS4 ainda está fresco na memória dos jogadores, afinal, faz pouco mais de seis meses desde que alguns de nós nos despedimos da oitava geração. Reformulando totalmente a ergonomia do DualShock 4, além de outras adições, como microfone, led, touchpad e botão share, o aparelho chegou em 2013 nos Estados Unidos, Europa e Brasil e só em 2014 no Japão.

PlayStation mais vendidos - PS4 com fundo azul

Entre os destaques do hardware, estava um sistema bem mais robusto, trazendo compatibilidade com o HDR (que deixa as cores mais vivas e vibrantes – lançado em 2016), além de opções de streaming, recursos de redes sociais, que possibilitam o compartilhamento em tempo real de gameplays e capturas de tela, e um sistema de nuvem com acesso ao PlayStation Now — que ainda não chegou ao Brasil.

O console vendeu mais de 115 milhões de unidades, sendo o segundo aparelho da casa que mais atraiu consumidores no mercado. Vale pontuar que ele ainda está sendo comercializado, então os números podem sofrer variações até o encerramento de sua produção.

3. PlayStation 1 — 102,5 milhões de unidades

Tudo começou com a genialidade e a inovação de Ken Kutaragi lá o início dos anos 90. O primeiro PlayStation é emblemático para o entretenimento por consolidar a era 3D no mercado, além de rodar os jogos em CD-ROM, possibilitando melhorias notáveis em aspectos gráficos e de sonoplastia.

PlayStation mais vendidos - PS1 com controle

O videogame não fez história apenas em sua contribuição tecnológica: ele também foi o primeiro da indústria de games a chegar em 100 milhões de aparelhos vendidos (encerrando sua vida útil com 102,5 milhões de unidades), um feito grandioso.

No que diz respeito ao controle, a primeira versão em 1994 foi lançada com o tradicional PlayStation Controller (sem os botões analógicos). Em 1997 houve duas versões, o Dual Analog Controller e o DualShock — com o último se tornando padrão nas gerações seguintes, até a chegada do controle de PS5.

4. PlayStation 3 — 87,4 milhões de unidades

O PlayStation 3 atraiu a atenção de muitos olhares com suas funcionalidades inéditas para época, entrando na era Blu-ray com jogos em alta definição e um sistema de troféus que instigavam as jogatinas.

Além disso, também inaugurou a PlayStation Store e a PlayStation Network, dois serviços que se tornaram essenciais aos usuários da plataforma até os dias de hoje. Isso sem mencionar a adição do PlayStation Plus em 2010.

PlayStation mais vendidos - PS3 com fundo azul

Por outro lado, ele também foi o console mais polêmico da Sony. Sua revelação foi feita durante a E3 de 2005 e anunciava duas versões a preços muito, mas muito altos. A primeira variante tinha disco rígido de 20GB e custava US$ 499; já a segunda tinha 60 GB e seu valor era de US$ 599.

Os valores astronômicos, que são altos até em condições atuais, renderam críticas negativas para a gigante japonesa na época. O ponto alto foi o lançamento de títulos como Red Dead Redemption, The Last of Us e God of War 3, além da retrocompatibilidade com os jogos do primeiro e segundo PlayStation nos primeiros modelos.

5. PlayStation Portable (PSP) — 80 milhões de unidades (aproximadamente)

Lançado lá em 2004, o PlayStation Portable, carinhosamente conhecido como PSP, foi o primeiro portátil da Sony. Além de jogar, ele também oferecia outras funcionalidades, como a possibilidade de ver vídeos em formato MP4, navegar na internet com seu receptor wifi e ouvir músicas.

PlayStation mais vendidos - PSP com fundo branco

O aparelho foi comercializado por 10 anos, com sua produção se encerrando em 2004. Ao todo, foram cinco modelos lançados: PSP 1000, PSP 2000, PSP 3000, PSP Go e PSP — E1000. O mais diferentão deles era a versão Go, que tinha tela deslizável para cima.

Com excelentes jogos exclusivos da plataforma, como God of War: Ghost of Sparta e Chains of Olympus, Metal Gear: Peace Walker, Kingdom Hearts: Birth by Sleep e Crisis Core: Final Fantasy VII, estima-se que o portátil vendeu cerca de 80 milhões de unidades pelo mundo.

6. PlayStation Vita (PS Vita) — 16 milhões de unidades (aproximadamente)

Representando a segunda tentativa da Sony no mercado de portáteis, o PlayStation Vita não engrenou por uma série de fatores, sendo o mercado de smartphones o principal deles.

PlayStation mais vendidos - PS VITA com fundo azul

Por outro lado, era indiscutível que ele tinha qualidade. O destaque ficava para sua tela OLED (mesmo em 2012), processador gráfico potente e conjunto de funcionalidades completas, que incluíam visor e painel traseiro sensíveis ao toque, microfone e câmera. Tais funções, inclusive, são muito bem aproveitadas em jogos como Uncharted: Golden Abyss (exclusivo da plataforma).

Sua produção foi encerrada em 2019 e, ao todo, foram vendidas cerca de 16 milhões de unidades. Da lista, o PS Vita foi o que menos vendeu.

7. PlayStation 5 — 8 milhões de unidades (e subindo)

Com inovações, principalmente em suas funcionalidades, o PlayStation 5 é tão promissor quanto o PS2 e o PS4. O videogame de nova geração foi lançado em novembro do ano passado, então ainda está bem fresco no mercado.

Porém, mesmo sendo novidade, o console dispõe do serviço PS Plus Collection, além, claro, dos excelentes exclusivos já lançados, como Marvel’s Spider-Man: Miles Morales, Sackboy: Uma Grande Aventura e Returnal. Mas ainda existe muito mais além do horizonte, como God of War e Horizon Forbidden West.

PlayStation mais vendidos - PS5 com o fundo azul

Os destaques de seu elenco de funcionalidades vão para o feedback háptico do DualSense, que responde muito bem aos comandos; o Áudio 3D, responsável por uma imersão ainda mais aprofundada em jogos; o SSD NVMe que carrega dados quase que instantaneamente; e, por fim, a possibilidade de resoluções em 4K e 60FPS — em alguns casos, suportando até 120 FPS.

Devido à alta demanda, os estoques do PS5 ainda seguem escassos, mas o chefão da SIE, Jim Ryan, disse estar fazendo o possível para distribuir mais aparelhos até o fim de 2021. Até o momento, o console já vendeu perto de 8 milhões de unidades — e tem calibre para ir muito mais longe.