Notícias

Remake de Resident Evil 4 teria sofrido grandes alterações, diz site

Capcom teria alterado a desenvolvedora principal do projeto

por Vinícius Paráboa
Remake de Resident Evil 4 teria sofrido grandes alterações, diz site

Em abril de 2020, foi reportado que a Capcom trabalhava em um remake de Resident Evil 4. O projeto seria liderado pela M-Two, o estúdio de Tatsuya Minami (ex-PlatinumGames), mas aparentemente houve uma mudança de planos: agora, o game ficará com a Capcom Division 1, equipe responsável pela franquia de terror e por Devil May Cry. A informação é do site VGC.

A produção de RE 4 teria começado em 2018 na desenvolvedora de Minami, que também contribuiu com o remake de Resident Evil 3. No entanto, a publisher revisou o jogo no fim de 2020 e decidiu reduzir a participação da empresa e delegar a tarefa à Capcom Division 1.

De acordo com as fontes do VGC, a mudança ocorreu pois a M-Two desejava reproduzir fielmente o formato do Resident Evil 4 original. A Capcom, por sua vez, prefere algo na linha de uma reimaginação, onde existam elementos característicos do game de 2005, mas com novidades na narrativa, ambientes e etc. — de forma parecida com os remakes de Resident Evil 2 e 3.

Por fim, as mesmas fontes afirmam que a Division 1 fará um reboot do projeto, possivelmente atrasando-o até 2023 (a sua janela inicial era prevista para 2022). Os remakes de RE 2 e 3 teriam passado por experiências parecidas.

Ao ser contatada pelo veículo, a Capcom se recusou a comentar sobre o assunto.

Vale lembrar: a publisher e a M-Two não anunciaram oficialmente Resident Evil 4. Portanto, é bom tratar as informações relatadas acima com extrema cautela.

Resident Evil 4 é aclamado

Resident Evil 4 é o jogo mais bem avaliado pela imprensa na história, de acordo com o Metacritic. O game protagonizado por Leon S. Kennedy tem 96 pontos de média e é um dos maiores sucessos dos anos 2000, vendendo mais de 10,4 milhões de cópias entre todas plataformas.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.