Notícias

Parlamentar dos EUA quer proibir venda de jogos violentos como GTA V

O motivo da proibição, segundo o político, seriam os roubos de carros em Chicago

por Valdecir Emboava
Parlamentar dos EUA quer proibir venda de jogos violentos como GTA V

Jogos de violência, como GTA V, estão na mira de um parlamentar norte-americano. Marcus Evans Jr. quer proibir a comercialização de games violentos em Chicago, Illinois. A justificativa? Os roubos de carros vem aumentando no município. E é só isso mesmo.

Conforme relatado pelo Chicago Sun-Times, o deputado democrata apresentou um projeto que impede a venda de jogos violentos para menores. A intenção dele é, eventualmente, expandir a lei para uma proibição total no território dos EUA.

Personagem de GTA Online armado em cima de um jet ski amarelo.
(FONTE: Reprodução/Rockstar)

O projeto também visa modificar a definição atual de “videogame violento” no Código Penal. Confira na íntegra (via Legiscan):

Altera a Lei de Videogames Violentos no Código Penal de 2012. Altera as disposições que restringem a venda ou aluguel de jogos violentos a menores para proibir a comercialização de todos os games violentos.

Modifica a definição de “videogame violento” para significar um videogame que permite a um usuário ou jogador controlar um personagem dentro do videogame, que é encorajado a perpetuar a violência humana na qual o jogador mata ou causa sérios danos físicos ou psicológicos a outro ser humano ou animal.

Modifica a definição de “dano físico grave” para incluir dano psicológico e abuso infantil, abuso sexual, abuso de animais, violência doméstica, violência contra mulheres ou roubo de veículo motorizado com um motorista ou passageiro presente dentro do veículo quando o roubo começa.

Em nota oficial ao portal IGN, a ESA (Electronic Software Association — Associação de Eletrônicos e Software, em tradução livre) diz que discorda do projeto:

Embora nossa indústria compreenda e compartilhe as preocupações sobre o que está acontecendo em Chicago, simplesmente não há evidências de uma ligação entre entretenimento interativo e violência no mundo real. Acreditamos que a solução para este problema complexo reside em examinar minuciosamente os fatores reais que impulsionam tais comportamentos, em vez de atribuir erroneamente a culpa aos videogames com base apenas em especulação.

GTA V já vendeu mais de 140 milhões de cópias desde seu lançamento

GTA V é digno do sucesso que faz, e esse mérito já é reconhecido desde 2013. Mas ele continua surpreendendo a cada dia. Durante uma conferência de resultados do terceiro trimestre de 2020, a Take-Two revelou que o game da Rockstar atingiu a incrível marca de 140 milhões de cópias vendidas.

Com um sucesso desses, proibir GTA V, assim como outros jogos, na terra do Tio Sam não será tarefa fácil.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.