Notícias

Patch de Call of Duty Black Ops Cold War nerfa a arma MP5

Treyarch reduz o dano à distância da metralhadora e faz ajustes no seu recuo

por Vinícius Paráboa
Patch de Call of Duty Black Ops Cold War nerfa a arma MP5

A Treyarch lançou o primeiro patch de Call of Duty Black Ops Cold War na última quarta-feira (19). E para a alegria de muitos fãs, a atualização acaba com o “reinado de terror” da MP5, que estava poderosa até demais.

De acordo com a desenvolvedora, o dano efetivo à distância da arma foi reduzido em 33%, o que deve ser suficiente para ficar em pé de igualdade com as outras metralhadoras. O recuo da MP5 também passou por ajustes.

Patch de Call of Duty Black Ops Cold War: reduzimos o dano efetivo à distância base em 33% e ajustamos o recuo inicial da Submachine Gun Alpha. Agora vá lá e experimente as outras quatro!

O patch de Call of Duty Black Ops Cold War se encontra disponível em todas plataformas. Parte do problema – anterior ao update – é que a MP5 não tinha fraquezas: alta taxa de disparo, dano alto, estabilidade boa e dano à distância elevado eram suas características principais.

O pro player da equipe “100 Thieves”, Nadeshot, chegou a afirmar que “a SMG pode ser a arma mais poderosa de toda a história de Call of Duty”. Isso diz muito sobre o quão desbalanceada ela estava.

Patch de Call of Duty Black Ops Cold War só em dezembro

O nerf na MP5 será o único update do shooter até dezembro. Pelo menos foi o que afirmou o chefe de game design da Treyarch, Tony Flame, no Twitter. De acordo com ele, a intenção é trabalhar em um balanceamento mais profundo pro futuro.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.