Notícias

“Grandiosos e heroicos”, chefões de Elden Ring serão diferentes de Dark Souls

Miyazaki explica como pretende explorar os novos chefões e usa Godrick como exemplo

por Jean Azevedo
“Grandiosos e heroicos”, chefões de Elden Ring serão diferentes de Dark Souls

Hidetaka Miyazaki, diretor da FromSoftware, revelou mais detalhes sobre Elden Ring em entrevista ao PS Blog. O próximo RPG do estúdio vem sendo bastante comparado com jogos da série Dark Souls, mas segundo ele, os chefões do game foram projetados de forma bem diferente.

Questionado sobre o “equilíbrio” entre o belo e o grotesco nas criações dos bosses, Miyazaki creditou as ideias a George R.R. Martin e revelou estar preparando formas grandiosas e heroicas para dar vida aos personagens e entidades da obra. De acordo com ele, não serão seres “estranhos com algum senso de beleza” como em Dark Souls:

Em Elden Ring, queríamos uma abordagem um pouco diferente, pois tínhamos esses personagens novinhos em folha que George R. R. Martin escreveu com seus contextos e as histórias que ele criou para o mundo. Criamos designs grandiosos e heroicos, basicamente com esses semideuses da história do mundo de Elden Ring.

Godrick, um dos chefes já exibidos nos trailers, é o exemplo perfeito para Miyazaki: “ele é um ótimo exemplo disso por trazer aquela sensação de tristeza e frustração de um soberano cujo reinado chegou ao fim, tentando desesperadamente se agarrar ao poder que ainda lhe resta”, comentou.

Mais pessoas conseguirão chegar ao fim de Elden Ring

A dificuldade apresentada na jogabilidade do novo título da FromSoftware será um mistério até a comunidade colocar as mãos no jogo, mas Miyazaki já tratou de tranquilizar parte dos fãs. Segundo ele, “mais jogadores chegarão ao fim dessa vez”. Saiba o motivo!