Notícias

EVO 2020 é cancelada; Diretor é acusado de abusos sexuais

O principal organizador foi removido do comando

por Raphael Batista
EVO 2020 é cancelada; Diretor é acusado de abusos sexuais

A EVO 2020 foi cancelada em razão de graves denúncias nos últimos dias envolvendo acusações contra o principal organizador do evento, Joey Cuellar. Conhecido como Mr. Wizard, ele era a pessoa na liderança do maior evento de jogos de luta. Durante a semana, Cuellar foi acusado de ter cometido ações predatórias sexuais nos anos 90. O próprio executivo reconheceu os casos, pedindo desculpas.

Tony Cannon assumiu a posição de CEO da EVO, contudo, com a situação conturbada, a equipe responsável pelo evento decidiu cancelar a EVO 2020 para se focar na reestruturação e realizar os trâmites legais.

Estamos chocados e tristes pelos eventos, mas estamos ouvindo e comprometidos em mudar o que for necessário para tornar a EVO um modelo mais forte com uma cultura segura. Estamos cancelando a EVO Online e vamos ressarcir todos que compraram os ingressos. Iremos doar o equivalente para o Project HOPE.

A EVO 2020 aconteceria num formato online devido à situação global. O evento começaria amanhã (4) e terminaria somente na primeira semana de agosto. Os fãs dos jogos de luta esperavam por este momento para verem grandes nomes protagonizando combates intensos.

Neste ano, o evento teria campeonatos de Under Night In-Birth Exe:Late [cl-r], Tekken 7, SoulCalibur VI, Granblue Fantasy Versus, Samurai Shodown, Street Fighter V e Dragon Ball FighterZ.