Notícias

Detroit: Become Human é o “melhor jogo” da Quantic Dream no PS4

Narrativa exclusiva do PS4 marcou mais pontos no Metacritic que títulos anteriores do estúdio.

por Daniel dos Reis
Detroit: Become Human é o

Detroit: Become Human vem tendo uma recepção bem mista perante os críticos avalistas. No Metacritic, as notas vão de 95 (a mais alta) a 40 (a mais baixa). Uma lacuna bastante grande. Mas as diferenças não parecem afetar o otimismo dos desenvolvedores.

Guillaume de Fondaumière, um dos diretores da Quantic Dream, foi ao Twitter celebrar os bons números (em notas). De acordo com a informação do executivo, o jogo dos androides revolucionários teve, até o momento, a melhor estreia de todos os jogos do estúdio francês no PS4. Fondaumière ainda aproveitou para agradecer aos fãs por suas artes, cosplays, músicas e muito mais.

Em comparação aos demais jogos da Quantic Dream, Detroit conquistou melhores notas, com uma pequena vantagem em relação ao Heavy Rain (78 pontos), do PlayStation 4.

  • Detroit Become Human: 79
  • Heavy Rain: 78
  • Beyond Two Souls: 72

Apesar de Heavy Rain, no PS3, ter se saído bem melhor, é uma conquista a ser celebrada mesmo, dado o escopo dos jogos. O estilo mais focado em uma narrativa forte, com mais diálogos, escolhas e cenas acaba por não agradar a todos os jogadores.

E você pode conferir também o que achamos de Detroit: Become Human em nossa análise clicando aqui:

Não importam posicionamento político, religião, cor de pele, classe social… Caso tenha condições, jogue Detroit: Become Human. Mesmo que espere uma promoção, que os temas pareçam chatos ou o estilo “filme interativo” não agrade. Pela narrativa. Pelo enredo. E, mais do que isso, pelo que realmente importa para um gamer: sua qualidade técnica. Os gráficos são lindos, a jogabilidade é perfeita dentro da proposta e a trilha sonora seria digna de um Oscar. A Quantic Dream acertou em cheio.