Notícias

Activision processa Netflix por causa de ex-funcionário

Plataforma de streaming é acusada de não respeitar os contratos

por Raphael Batista
Activision processa Netflix por causa de ex-funcionário

A Activision Blizzard está processando a Netflix em razão do ex-chefe financeiro da empresa, Spencer Neumann. De acordo com documento compartilhado pelo site Hollywood Reporter, a publisher de jogos acusou a plataforma de streaming de “interferência intencional no contrato, competição desleal e violação do dever fiduciário”.

A história começou quando Neumann foi contratado pela Activision Blizzard em 2017 e deveria permanecer na empresa até abril de 2020, com uma cláusula que permitiria manutenção por mais um ano. No entanto, o documento sugere que, enquanto o funcionário viabilizava uma parceria comercial entre a Activision e a Netflix, a plataforma de streaming supostamente tentou recrutá-lo.

O processo feito pela companhia de games ainda aponta que a Netflix se ofereceu para pagar pelos custos legais caso houvesse uma divergência sobre a quebra do contrato. Neumann deixou a editora em dezembro de 2018 e, em janeiro de 2019, assumiu o cargo de chefe do setor financeiro da gigante do streaming.

Activision não foi a única a processar a Netflix

A Netflix foi acionada judicialmente por outras companhias. A Fox acusou a empresa de uma “caça furtiva aos funcionários”, enquanto a Viacom denunciou a mesma atitude em relação aos seus contratados. Por enquanto, as sentenças ainda não foram definidas.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.