BGS

Testamos na BGS – Call of Duty: Infinite Warfare Multiplayer

por Daniel dos Reis
Testamos na BGS - Call of Duty: Infinite Warfare Multiplayer

O multiplayer de Call of Duty: Infinite Warfare foi revelado mundialmente ontem (2) e nós tivemos a oportunidade de testá-lo durante a Brasil Game Show 2016, onde o modo estava exposto com exclusividade no estande da PlayStation.

Com o game, a Activision busca mesclar partes que fizeram sucesso em jogos antigos com as modernidades dos novos.

Logo de início, percebe-se que o personagem está notoriamente mais pesado. Seus movimentos são mais cadenciados, contudo o sistema de mira e controle de equipamentos militares continuam rápidos e precisos.

Outras mudanças, como delay na explosão de granadas também foram sentidas. Ao lançar um artefato explosivo é necessário esperar algum tempo até que ele exploda. No princípio, esta mudança gerou alguns suicídios não intencionais.

O gameplay é similar ao visto em Black Ops 3 e Advanced Warfare, com corridas pelas paredes e saltos duplos proporcionados por tecnologias de ponta e matança rápida e dolorosa.

Como foram testes mais dinâmicos, não foi possível identificar novidades no que diz a respeito aos scorestreaks e habilidades. Tais desbloqueios exigem um pouco mais de perícia e, no calor dos testes, faltaram oportunidades.

O sistema de personalização de classes continua no mesmo nível dos jogos anteriores, com diversas possibilidades de escolha, possibilitando que os jogadores criem um estilo próprio.

Neste nova proposta, percebe-se maiores opções de criação e utilização. As configurações de um perfil próprio podem fazer a diferença caso os mapas sejam diferentes entre si. Nos testes, os 3 mapas disponíveis eram todos focados em confrontos diretos, com corredores estreitos e fechados, limitando então o escopo das classes, favorecendo aquelas idealizadas para cadência e rapidez.

Quanto às armas, elas são bastante amplas, com muitas vertentes tecnológicas. Não chegam a ser parecidas com Destiny, como alguns acreditam, mas estão bastante futuristas.

No geral, tirando algumas mudanças pontuais, Infinite Warfare parece seguir pelo mesmo caminho dos títulos anteriores. Talvez a fase de testes beta revelem novidades mais impactantes.