Listas

12 shooters que fizeram nossa alegria em 30 anos

por Charles Paim
12 shooters que fizeram nossa alegria em 30 anos

Vocês se sentem órfão quando se toca no assunto Shooters (conhecidos também como shoot´em ups), os famosos jogos de navinha? E também tem a certeza que este gênero tão querido deveria ser mais lembrado pelas produtoras de games? Que tal relembrar como esta paixão em comum entre milhões de fãs começou há cerca de três décadas atrás e se entende até hoje?

Shooters inesquecíveis

R-Type
R-Type – Sega Master System

Não é de hoje que os shooters conquistam milhões de adeptos. Sempre lembrados por suas altas doses de desafio e ação frenética, muitos deles permanecem vivos nas nossas memórias. Confiram a pequena lista que preparamos.

Galaxian

Sem dúvida, um grande clássico. O conceito dele era simples, porém desafiador: dezenas de naves inimigas surgiam no céu, agrupadas, e sua nave solitária deve destruir todos estes inimigos, um a uma. Para cada exército que se destrói por completo, um novo surge ainda mais desafiador. Á medida que se vai progredindo, os inimigos vão se movendo com mais velocidade e saindo de sua formação para atacá-lo diretamente.

Galaga

Considerado uma evolução do Galaxian, Galaga traz muitos elementos inovadores em relação ao seu antecessor: a primeira é que, em vez do exército já começar formado como no Galaxian, pequenas hordas vem em formação a partir das laterais e vão formando um grande exército na parte superior da tela. A segunda inovação é que a cada 2 fases, o jogador é levado a uma fase de bônus, na qual deve-se destruir todos os inimigos para obter a pontuação máxima. Vale lembrar que provavelmente Galaga foi o primeiro jogo a possuir fases de bônus, ou seja, fases na qual nãp se perdem vidas e joga-se apenas para obter pontos. E por último, a terceira inovação: pode-se deixar o inimigo capturar sua nave e, ao destruí-la posteriormente, é possível jogar com 2 naves acopladas, possibilitando, com isso, duplicar o poder de fogo.

Megamania

Grande clássico do Atari 2600, sua nave parece estar situada em uma espécie de mundo paralelo, no qual você enfrenta dezenas de inimigos estranhos, como gravatas borboleta, ferros de passar roupa, rosquinhas, pneus e hamburgueres. Mas não se deixe enganar: Megamania estava muito a frente de seu tempo e tem uma jogabilidade excelente e desafiadora. Também traz uma inovação interessante: seus tiros teleguiados, ou seja, era possível conduzir o tiro em direção ao alvo  mesmo após o disparo.

River Raid

Provavelmente o jogo preferido dos donos do Atari 2600. Com um poderoso caça, o jogador deveria atravessar dezenas de mapas repletos de barcos, helicópteros e aviões inimigos. Como inovação, temos o fato de ser necessário abastecer ao longo de sua jornada, sob pena de perder a vida se o indicador de combustível se esvaziar.

Thunder Force III

Apesar de suas quatro versões, foi na sua terceira versão que a série Thunder Force alcançou seu auge, inicialmente nos arcades e, posteriormente no Sega Mega Drive e Super NES. Com sua ação horizontal, possuía uma jogabilidade refinada, trilha sonora espetacular e um desafio absurdo. Muitas vezes os inimigos se multiplicavam na tela e era difícil sair ileso. Para sorte do jogador, somente ao ser abatido com cada arma acoplada à nave, perdia-se uma vida.

Gaiares

Excelente jogo de nave do Sega Mega Drive, cujo ponto alto é o grande desafio para transpôr suas longas 18 fases, além de trilha sonora e jogabilidade excelentes. A maior inovação de Gaiares era a nave dispôr de uma unidade móvel com a qual era possível arremessar no inimigo e, com isso, sua nave passava a utilizar a mesma arma do inimigo absorvido. Infelizmente, apesar de ser um grande jogo, nunca ganhou uma nova versão em gerações posteriores.

Axelay

Jogo impecável para o Super NES, gráficos brilhantes e trilha sonora muito boa. Como era comum com os jogos da Konami nesta época, o final verdadeiro do jogo somente era revelado ao finalizar o jogo no último nível de dificuldade. O diferencial do Axelay era que a ação se desenrolava na vertical para as fases ímpares e na horizontal para as fases pares.

Sonic Wings

Jogo da SNK muito popular nos arcades brasileiros, também era conhecido como Aero Fighters. Não era exatamente inovador, mas tinha jogabilidade simples e direta, além de permitir partidas cooperativas com dois jogadores, o que aumentava exponencialmente a diversão. Devido à sua popularidade, ainda ganhou duas continuações.

R-Type Final

Conhecido pelo brasileiros principalmente pela versão que brilhou no Sega Master System, R-Type Final foi um grande jogo do PlayStation 2, possibilitando uma jogabilidade muto mais ampla do que seu antecessor. Além da famosa unidade droid das versões anteriores, haviam outras duas variações para escolher e combater os inimigos.

Gradius V

Considerado pelos amantes de jogos de navinha como um dos melhores de todos os tempos, Gradius V brilhou no Playstation 2 e foi relançado há um pouco tempo para o PlayStation 3. Gráficos fantásticos, jogabilidade perfeita e além disso, é possível modo cooperativo com dois jogadores. Sem dúvida, seria muito bem vindo Gradius VI no nosso amado PlayStation 4.

Jamestown++

Agora já estamos no PlayStation 4. Após um grande hiato no PlaySstation 3, alguns bons jogos tem chegado à nova geração, mesmo que apenas através de empresas indie (independentes). Jamestown++ foi lançado inicialmente para o PC e chegou ao PS4 com mais fases e mais modos de jogos. Apesar de ter poucas fases, é possível jogá-las em vários níveis de dificuldade, sendo quase impossível completá-las no nível mais difícil. Uma inovação muito bem vinda é o modo cooperativo para até quatro jogadores, o o torna um jogo indispensável para reunir os amigos em casa.

Astebreed

Este é um grande representante dos jogos de navinha do PlayStation 4. Gráficos fantásticos, trilha sonora espetacular e jogabilidade inovadora, na qual você tem formas diferentes de combater os inimigos a depender da distância, assim como versões mais poderosas das armas normais, semelhante ao que vemos nos jogos de luta. Sem dúvida, um jogo obrigatório.

E vocês, o que acharam desta lista? Faltou algum jogo de navinha que vocês amavam e não lembramos deles? Compartilhem com a gente! 🙂

Confiram também estes artigos que separamos para vocês: