Review

Trust GXT 488 FORZE: vale a pena?

O headset é um excelente para gameplays no PS4 e PS5, além de ser confortável

por Vinícius Paráboa
Trust GXT 488 FORZE: vale a pena?

Quando jogamos videogame, é importante nos sentirmos inseridos naquele universo, independentemente do gênero do game — corrida, RPG de mundo aberto, shooter e por aí vai. Aí vem a importância do uso de um bom headset, que capta os mínimos detalhes de áudio do jogo, além de abafar ruídos externos capazes de te distrair. Por sorte, o Trust GXT 488 FORZE entra nessa categoria.

O dispositivo da Trust Gaming é licenciado pela própria PlayStation, ou seja, tenta usufruir de toda a capacidade dos consoles da Sony. Aliás, o aparelho foi feito especialmente para PS4 e possui compatibilidade com o PS5, portanto, é uma boa pedida para quem pretende migrar entre gerações.

Claro, nada é perfeito nessa vida. Mesmo um produto de alta qualidade ainda tem seus deslizes, embora estes não apaguem a boa imagem deixada. Falaremos sobre tudo isso na análise abaixo.

Conforto e altas horas de gameplay

Quando falamos do Trust GXT 488 FORZE, uma de suas principais vantagens é o conforto. Primeiramente, com a alça do headset, é possível ajustá-lo conforme o tamanho da sua cabeça, assim evitando a pressão e, consequentemente, possíveis dores.

Uma das características dos gamers de plantão é passar longas horas desfrutando dos seus joguinhos, certo? Pois bem, com as almofadas de couro sintético posicionadas nas orelhas, não há nenhum incômodo após passar uma tarde inteira no seu PS5, por exemplo.

As almofadas, aliás, garantem um bom abafamento do som do ambiente onde você está jogando. Para não interromper seu gameplay, elas reduzem 12 dB do nível dos ruídos da sua sala, quarto ou outros cômodos.

1

O problema aqui fica por conta da ausência de fones de ouvido rotativos. Quando pensamos em conforto, esse recurso ajuda bastante no ajuste à cabeça do usuário, além de melhorar a movimentação. Entretanto, não se faz presente neste caso.

Trust GXT 488 FORZE: feito para PS4… e PS5!

Ao vermos a caixa do Trust GXT 488 FORZE, duas coisas chamam a atenção: a presença do logo do PS4 e a ausência do logo do PS5. Isso pode causar certa confusão, pois sugere que o headset não trabalha tão bem na nova geração. Por sorte, este não é o caso.

Tanto no DualShock 4, quanto no DualSense, a entrada P3 (3,5mm) do fone se conecta bem e funciona sem problemas. Um “plus” na nova geração, é que o dispositivo capta muito bem o áudio 3D — garantindo a imersão, especialmente em jogos first-party da Sony, como Horizon Forbidden West e Gran Turismo 7.

Por falar no áudio 3D, ele também é ótimo em jogatinas online. Em games como Call of Duty: Warzone e Fortnite, é possível entender as direções dos tiros, bem como localizar os inimigos graças a isso.

O fone casa tão bem com “PlayStation”, que o seu design destaca a marca. Em todos os modelos (preto, camuflagem cinza e camuflagem azul), as orelhas estampam a clássica logo — então, caso se você seja fã dos consoles da Sony, é um bom jeito de mostrar isso ao usar o produto.

2

O dispositivo ainda é compatível com tablets, smartphones e laptops, o que aumenta o seu leque de opções para usá-lo no dia a dia. O ponto negativo é conectá-lo em PCs com entradas distintas para microfone e fone. Como o item possui apenas um fio, o usuário é obrigado a escolher entre utilizar apenas o microfone ou apenas os alto-falantes.

Microfone não decepciona

Parte importante de um headset é o microfone, para se comunicar com seus companheiros nas jogatinas online. E ele não decepciona: tem um sensor condensador, filtro pop, é retrátil e possui um cabo ajustável, para aproximá-lo ou afastá-lo da boca.

Nas sessões multiplayer, onde testamos o aparelho (com internet estável), não houve qualquer problema de comunicação. O som reproduzido pelo dispositivo é limpo e de fácil entendimento para quem está com você na party.

3

Por falar em comunicação, por vezes, um ou outro integrante do seu grupo de amigos podem possuir aqueles microfones que “estouram seus tímpanos”. O Trust GXT 488 FORZE também conta com uma pequena ferramenta para ajudar nesses casos: um controle de volume, de fácil acesso.

Esse regulador está no meio do cabo de nylon (1,2 m), que por sua vez, garante uma maior durabilidade e resistência do produto. Com isso, não espere por mau contato nas conexões, picote de áudio e outros erros que atrapalham seu gameplay.

Especificações técnicas

Geral

  • Altura: 20,2 cm
  • Largura: 19,2 cm
  • Peso total: 339 g
  • Tipo de cabo: nylon
  • Comprimento do cabo: 1,2 m
  • Áudio: estéreo
  • Canal de áudio: 2.0
  • Resposta de frequência: 20 Hz – 20000 Hz
  • Impedância: 32 Ω
  • Sensitividade: 115 dB
  • Nível de pressão do som: 95 dB
  • Nível de redução de ruído do headphone: 12 dB
  • Material do fone: couro sintético

Microfone

  • Tipo de sensor de microfone: condensador
  • Padrão polar: unidirecional
  • Resposta de frequência: 50 Hz – 10000 Hz

Trust GXT 488 FORZE: vale a pena?

4

Com tantos pontos positivos, é difícil não recomendar o Trust GXT 488 FORZE. Sua compatibilidade com os consoles PlayStation, o bom sistema de áudio estéreo, o conforto e o microfone tornam este um produto de respeito.

É verdade que seu uso fica mais restrito ao PlayStation (no PC, ele se “limita”), mas considerando se tratar de um headset com três anos de garantia para consumidores brasileiros, ainda o torna uma opção bastante válida. Na Kabum, por exemplo, o acessório conta com um desconto, saindo de R$ 329,29 por R$ 249,00.

Veredito

Trust GXT 488 FORZE
Trust GXT 488 FORZE

Sistema: PlayStation 4/PlayStation 5

Desenvolvedor: Trust Gaming

Jogadores: 1

Comprar na Amazon
85 Ranking geral de 100
Vantagens
  • Tem garantia de três anos no Brasil
  • Confortável e não causa dor após longas horas de gameplay
  • Comunicação limpa
  • Compatível com PS4 e PS5
  • Áudio 3D não decepciona
Desvantagens
  • Fio único limita o seu uso em PCs
  • "Orelhas" do headset não são rotativas
Vinícius Paráboa
Vinícius Paráboa
Editor
Publicações: 4.687
Jogando agora: Horizon Forbidden West, LEGO Star Wars: A Saga Skywalker e Gran Turismo 7
Editor no MeuPlayStation. Fanático por Crash Bandicoot, God of War e pelo Grêmio.