Novidades

PlayStation Plus: serviço alcança 26 milhões de assinantes

Serviço de assinatura representa 37% de todos os usuários da PSN

por Andrei Longen
PlayStation Plus: serviço alcança 26 milhões de assinantes

O serviço PlayStation Plus acaba de ultrapassar a marca de 26 milhões de assinaturas mundialmente. A informação surgiu em um evento da Sony com acionistas em Tóquio sobre novas estratégias de mercado para o ecossistema de entretenimento da gigante.

De acordo com a Sony, existem, ao todo, 26,4 milhões de assinaturas acumuladas até 31 de março de 2017, período que corresponde ao ano fiscal de 2016. Em comparação, o número de usuários pagantes da Playstation Plus no ano fiscal anterior (2015), período que foi até 31 de março de 2016, era de 20.8 milhões.

Resumo dos números da PlayStation Plus. Foto: Sony

No total, existem mais de 70 milhões de contas registradas na PlayStation Network. Todas mensalmente ativas e registrando atividades online em diferentes consoles PlayStation. Isso significa que a quantidade percentual de assinantes Plus em relação ao montante de contas geral é de 37,7%.

O rei PlayStation 4

Mas foi o PlayStation 4 que roubou a cena. A empresa reforçou a importância das conquistas do videogame nos últimos anos. Ao todo, são mais de 60 milhões de unidades vendidas até o final de março deste ano. Mas a previsão é de superar as 72 milhões de unidades até o final de março de 2018, período que encerra o ano fiscal de 2017.

Esses números foram traduzidos no aumento dos lucros a tudo o que é relacionado à plataforma. As vendas líquidas totais no ano fiscal de 2015 ficaram somaram US$ 139.6 milhões. Já no ano fiscal de 2016, subiram para US$ 148.4 milhões. O aumento é substancial, mas o suficiente para deixar a empresa com certeza folga e pensar em planos futuros.

Plano de estratégia do ecossistema PlayStation. Foto: Sony.

Os lucros obtidos com o PlayStation 4 fizeram a Sony expandir medidas de implementação de serviços e de novos aparelhos de entretenimento. É o caso do PS4 Pro e do PlayStation VR, respectivamente uma versão mais poderosa do console e o mais popular dentre os acessórios de Realidade Virtual.

A Sony não informou números específicos de vendas de ambos os aparelhos. Mas mostrou a necessidade de expansão para incrementar novas oportunidades de lucro. Da mesma forma, serviços digitais como PSN, PS Plus, PlayStation Vue, PlayStation Now também ajudaram a Sony a alcançar esse resultado positivo.

Outros mercados

Durante o evento, a Sony ainda reforçou a ideia de que precisa pensar em novos caminhos para garantir lucros em em outros tipos de entretenimento. Os mercados de televisores, música, smartphones, filmes e fotografia  vão ganhar novas estratégias a médio e longo prazos.

É o que a empresa chama de Revitalização dos Eletrônicos de Consumo. Para a gigante, tudo vai girar em torno da diferenciação da qualidade destes produtos. A ideia é retomar a missão de lançar produtos com que os consumidores logo se identificam com a proposta. E não abarrotar o mercado com produtos muito similares entrei si nas suas principais funções.