Notícias

Segundo portal, Sony encerrará atividades da SIE Japan Studio

Segundo as fontes da reportagem, o estúdio não "foi lucrativo o suficiente nos últimos anos"

por Valdecir Emboava
Segundo portal, Sony encerrará atividades da SIE Japan Studio

Segundo fontes do portal VGC, a Sony pode encerrar as atividades da SIE Japan Studio até o fim de março. A reportagem diz que os contratos dos empregados da desenvolvedora não serão renovados até o próximo 1º de abril — dia no qual começa o ano fiscal de 2021. Além disso, a filial também não “foi lucrativa o suficiente nos últimos anos”.

O estúdio first-party da Sony trabalhou no desenvolvimento de diversos jogos, como Knack, Gravity Rush e Ape Escape. Vários desenvolvedores ligados à filial anunciaram a saída nas mídias sociais, incluindo o produtor de Bloodborne, Masaaki Yamagiwa.

Caçador de Bloodborne enfrentando um monstro.
(FONTE: Reprodução/FromSoftware)

Aparentemente, a Japan Studio não rendia lucros suficientes para a Sony. Uma das fontes disse o seguinte:

A desenvolvedora queria criar jogos que atraíssem o mercado japonês primeiro, com a esperança de ter apelo global, enquanto a PlayStation quer o tipo de sucesso global que seus outros estúdios primários produzem.

A reportagem também sugere que o destino do estúdio já estava confirmado há mais de um ano. O descontentamento da equipe veio após o presidente Allan Becker ser substituído por Nicolas Doucet — diretor de Astro Bot: Rescue Mission.

A filial americana da SIE tem uma visão crítica da desenvolvedora japonesa. Segundo outra fonte, os americanos acreditam que o negócio da PlayStation não precisa de “jogos que só vão bem no Japão”.

Filial da Japan Studio no Japão.

Em novembro, o portal Bloomberg dizia que a Japan Studio foi “marginalizada” e suas equipes de desenvolvimento haviam sido cortadas. Natsumi Atarashi, porta-voz da empresa, afirmou que qualquer sugestão de que a Sony mudaria seu foco do Japão estava incorreta e “não reflete a estratégia da empresa”.

Alguns funcionários da produtora se juntarão à ASOBI, segundo os relatos. Outros seguirão o diretor de Silent Hill e Gravity Rush, Keiichiro Toyama — que deixou o Japan Studio no ano passado. O Departamento de Desenvolvimento Externo do estúdio, que colaborou na produção de jogos como Demon’s Souls, deve continuar.

Japan Studio foi uma das primeiras filiais da PlayStation

A Japan Studio foi fundada em 1993, sendo uma das pioneiras da PlayStation na criação de jogos. A desenvolvedora também é conhecida pelas suas colaborações em títulos como Bloodborne, The Last Guardian e Everybody’s Golf. Mais recentemente, trabalhou em Demon’s Souls (PS5) com a Bluepoint Games.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.