Notícias

CD Projekt RED detalha as novidades do patch 1.2 de Cyberpunk 2077

CD Projekt RED fará mudanças no sistema de spawn da polícia e na física de veículos

por Jean Azevedo
CD Projekt RED detalha as novidades do patch 1.2 de Cyberpunk 2077

A CD Projekt Red resumiu o que está por vir no próximo patch de Cyberpunk 2077. As novidades foram apresentadas por uma repórter fictícia, que recebe as denúncias de anomalias em Night City.

De acordo com a história contada pelos “moradores de Night City”, não era certo matar alguém nas ruas e os NPCs da polícia serem invocados instantaneamente. De olho na atividade muito correta e rápida dos defensores da moral, os devs trabalharam para eles demorarem um pouco mais para chegarem às cenas dos crimes.

A repórter ainda relata que os carros da cidade estão passando por uma reforma nos freios devido ao alto número de atropelamentos. Segundo a CDPR, a experiência ao dirigir em Cyberpunk 2077 era prejudicada pelo tempo de resposta dos veículos, pela sensibilidade dos periféricos usados pelos jogadores e pela queda no FPS. A sensibilidade a partir do próximo update será manualmente editável para se adequar aos usuários finais e suas plataformas.

Gillean Jordan, a repórter do “N54 News”, também recebeu denúncias sobre muitos carros estarem largados por Night City após se chocarem com outros veículos ou demais objetos. Com o patch 1.2, a companhia pretende adicionar um mecanismo que permita aos usuários manobrarem o carro de volta para sua posição, mesmo se ele não conseguir sair do lugar.

Sobre os casos de atropelamento, os habitantes da metrópole terão uma melhor tomada de decisão quando avistarem um veículo próximo. Agora, os players terão um comando próprio para esquivar dos carros, mas caso não gostem do recurso, poderão facilmente desativá-lo nas opções jogo.

Ainda não existe uma data concreta para a chegada do patch 1.2 de Cyberpunk 2077.

Cyberpunk 2077 fora da PSN há bastante tempo

Após o lançamento de Cyberpunk 2077 ter inúmeros relatos de bugs e performance “duvidosa” em muitas plataformas, a Sony decidiu remover o jogo da PS Store e faz três meses que o título não está disponível para compra. Um patch com correções até estava marcado para o final de fevereiro, mas foi adiado para março. Confira aqui o que rolou.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.