Notícias

Assassin’s Creed Origins pode ter 60 FPS no PS5 na semana que vem

O perfil PlayStation Game Size encontrou o registro de uma atualização do jogo que desbloqueia a taxa extra no PS5

por Valdecir Emboava
Assassin's Creed Origins pode ter 60 FPS no PS5 na semana que vem

Em dezembro de 2021, a Ubisoft manifestou sua intenção em disponibilizar um update para desbloquear os 60 FPS em Assassin’s Creed Origins na nova geração, embora não tenha dito mais nada desde então. Aparentemente, esse aguardado patch pode chegar na semana que vem, entre os dias 24 e 26 de maio.

Segundo o “PlayStation Game Size“, perfil do Twitter que verifica novidades no diretório da PSN, o patch 1.60 teria sido registrado no banco de dados da plataforma. Além disso, a conta observa que a atualização executa o jogo em uma taxa de quadros maior no PS5 e traz um “Menu de Franquias” (não detalhado).

https://twitter.com/PlaystationSize/status/1527296965393846273

Atualização 1.60 de Assassin’s Creed Origins adicionada ao banco de dados [da PSN].

Notas do patch:

  • Adicionado um Menu de Franquia;
  • Maior taxa de quadros ativada ao executar [o jogo] no console PS5.

Próxima semana: entre 24 e 26 de maio.

Por fim, vale lembrar: nada foi confirmado oficialmente pela Ubisoft até o momento, então trate o texto com certa cautela.

Mais detalhes sobre Assassin’s Creed Origins

Assassin’s Creed Origins foi o primeiro jogo da nova trilogia de reinicialização da franquia. Ele trouxe um mundo aberto mais robusto e recheado de atividades, além de mudar o foco da aventura para um RPG de ação ambientado no Egito Antigo. Originalmente, o título chegou em outubro de 2017 ao PS4, Xbox One e PC. Confira a descrição oficial (via PS Store):

Assassin's Creed Origins
(FONTE: reprodução)

Egito Antigo, uma terra de nobreza e intriga, está desaparecendo em uma luta implacável pelo poder. Desvende segredos obscuros e mitos esquecidos enquanto você retorna ao momento fundador: A Origem da Irmandade dos Assassinos.

Ansioso para jogar Assassin’s Creed Origins com a taxa de quadros extra na nova geração? Comente abaixo!