Review

Shin Megami Tensei V: Vengeance: vale a pena?

Maduro, sombrio e muito bem narrado, Shin Megami Tensei V: Vengeance é um dos melhores JRPGs dos últimos tempos

por André Custodio
Shin Megami Tensei V: Vengeance: vale a pena?

Após passar quase três anos no Nintendo Switch, Shin Megami Tensei V finalmente chega ao PlayStation. E não só isso: o JRPG fica disponível como Shin Megami Tensei V: Vengeance — a versão definitiva e recheada de conteúdos inéditos.

E bom, já vale a pena dar um spoiler: que jogão, hein? Localização em português, uma tonelada de atividades, múltiplos finais, combate de primeira categoria e uma campanha alternativa com dezenas de horas de gameplay. A nova aventura da Atlus é imperdível.

Mas não dá para tecer só elogios. Alguns pequenos tropeços podem deixar Shin Megami Tensei V: Vengeance um pouco para trás. Quer saber quais são eles? Vem conferir com a gente a análise completa desse jogo pra lá de especial.

Anjos, demônios e a batalha final pelo Trono de Deus

Em uma Tóquio aparentemente normal, eventos misteriosos começam a acontecer, após relatos de assassinatos e desaparecimentos. Logo, boatos indicam que demônios ou seres sobrenaturais estariam por trás dessas fatalidades. E isso se provou real logo.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Ao sair de sua escola, o protagonista se acidenta em um túnel e se vê perdido em uma realidade paralela. Lá, ele conhece um ser poderoso conhecido como Aogami, que pede sua permissão para se fundir e formar a entidade Nahobino.

Juntos, eles embarcam em uma aventura única, onde uma guerra entre anjos e demônios, iniciada há quase 20 anos, definirá quem se sentará no Trono de Deus. Tóquio moderna dá lugar ao mundo de Da’at, revelando criaturas que se escondem enquanto ganham forças.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Poucos humanos corajosos conhecem a crise celestial e ajudarão o protagonista para que a extinção de sua raça não ocorra. E para isso, eles forjarão alianças imprevisíveis com deuses, lendas e monstros infernais, pois todo sacrifício será necessário.

Shin Megami Tensei V: Vengeance é a versão aprimorada do JRPG lançado originalmente em 2021. Além de conter melhorias visuais, ele traz uma tonelada de conteúdos adicionais, ajustes nos sistemas e uma rota narrativa com eventos nunca antes apresentados.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Com visuais em 2.5D, o título apresenta um mundo semiaberto com grandes regiões exploráveis, mas não interligadas. Ele também traz uma grande quantidade de missões secundárias integradas com a campanha e combate por turnos no estilo assemble.

O título tem foco na religião e em discussões transcendentais, sendo uma aventura extremamente madura que revela uma história densa e de primeira qualidade. Ela é exibida com fortes toques cinematográficos e técnicas elogiáveis de filmagens.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
André Custodio

Além disso, o gameplay é guiado por uma trilha sonora única, trazendo um impacto significativo nas lutas contra chefes. Todo esse conceito é apresentado com legendas em português do Brasil para menus e textos, evitando que os detalhes de lore sejam perdidos.

Gameplay versátil e altamente personalizável

O combate por turnos de Shin Megami Tensei V: Vengeance funciona da seguinte forma: explore o mundo, recrute demônios ou funda essências para obter criaturas mais poderosas. Ao todo, são quase 270 criaturas recrutáveis, que vão desde inferiores até divindades.

Assim como o Nahobino, elas têm afinidades, habilidades e vantagens passivas. Elas devem ser exploradas para garantirem uma equipe mais coesa, capaz de aproveitar pontos fracos de inimigos e terem o mínimo possível de fraquezas.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

O combate é dinâmico, inteligente e de alto impacto, com trocas de câmeras incríveis, equilíbrio através das decisões dos jogadores e um alto grau de estilo. Porém, vale pontuar que Shin Megami Tensei V: Vengeance definitivamente não é um game fácil.

As lutas contra chefes são longas e mutáveis, exigindo que haja adaptações constantes. Para isso, basta montar uma equipe principal e ter um “banco de demônios” que complementem em situações de aperto.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Em Shin Megami Tensei V: Vengeance, também há a possibilidade de obter essências de demônios e fundi-las com outros, aumentando ainda mais a variedade de builds. Outros destaques são as habilidades Magatsuhi e um novo efeito de debuff: Miragem.

Mesmo com cenas de história longas, o game possui uma quantidade absurda de tempo de jogabilidade. São dezenas de horas para que uma run seja completada, tendo em vista a realização de missões secundárias e os testes feitos com as equipes de demônios.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Além disso, cada criatura possui um visual impressionante. Elas são esteticamente riquíssimas e deixam os gráficos do game ainda mais bonitos. Há um capricho absurdo com personagens, NPCs, ambientações e aspectos técnicos.

Um novo caminho narrativo: a Vingança

Como uma experiência narrativa, Shin Megami Tensei V: Vengeance tem a história como sua grande virtude. A aventura é muito bem conduzida e levada a sério, evitando o desperdício por meio de fanservices ou de eventos apenas para estender tempo útil.

A campanha original já é conhecida pelos jogadores, mas a versão aprimorada adiciona um novo rumo conhecido como Cânone da Vingança. Essa história adiciona novos demônios, integrações com a equipe, cinemáticas e uma personagem central: Yoko Hiromine.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Enquanto o cânone original (Criação) narra a disputa pelo Trono, a Vingança foca em um novo grupo de vilões: o Qadistu. Ele é formado por quatro demônios femininos: Lilith, Naamah, Eisheth Zenunium e Agrat bat Mahlat.

Essa história segue o estilo da original, passando pelos mesmos cenários, mas conta com escolhas adicionais de diálogos e praticamente dobra o conteúdo da campanha principal. Por fim, ele fecha a história com um total de seis finais alternativos.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Independentemente do caminho escolhido logo nos instantes iniciais de Shin Megami Tensei V: Vengeance, será possível explorar uma jornada impactante e única. E sequer algumas falhas na localização atrapalham, já que elas podem ser facilmente corrigidas via patch.

Explore, teste e se fortaleça, mas não esqueça de salvar

Shin Megami Tensei V: Vengeance conta com um excelente sistema de progressão, que contempla quatro atributos principais tanto para o Nahobino quanto para os demônios. Além disso, há a possibilidade de upar personagens por diálogos e por itens.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

A todo instante, o título estimula à exploração, tanto para que novos tipos de demônios sejam recrutados (e consequentemente testados), quanto para que mistérios apareçam. Isso porque o mundo de Da’at traz eventos aleatórios e muitos NPCs espalhados.

Montar uma equipe forte é algo bastante satisfatório, e vê-la evoluindo e trabalhando com coerência traz uma sensação de trabalho bem feito. Porém, como o jogo não tem save automático, é importante salvar a todo instante, em especial após lutas longas.

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Fonte: André Custodio

Vale novamente reforçar: Shin Megami Tensei V: Vengeance não é um jogo fácil nem na dificuldade mais básica. As batalhas contra chefes demoram, enquanto os inimigos mudam seus padrões de acordo com as ações do protagonista. Faça seu tempo valer a pena.

Shin Megami Tensei V: Vengeance: vale a pena?

Impactante, profundo e visualmente hipnotizante, Shin Megami Tensei V: Vengeance é um dos melhores JRPGs das últimas décadas. Seu combate é viciante e o sistema de progressão faz surgir um sentimento de querer desvendar tudo dos extensos mapas.

Os problemas do jogo são detalhes e não chegam a riscar o dedo do pé de sua grandiosidade. A versão Vengeance também é uum trabalho excelente da Atlus e expande por dezenas de horas um projeto que já era aclamado pela comunidade.

Imperdível, não há como deixar de recomendar Shin Megami Tensei V: Vengeance. A obra garante um ótimo custo-benefício e certamente ficará em sua memória por anos. Dito isso, não espere uma promoção e garanta logo o seu neste lançamento.

Shin Megami Tenset V: Vengeance chega em 14 de junho ao PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series, Nintendo Switch e PC.

Veredito

Shin Megami Tensei V: Vengeance
Shin Megami Tensei V: Vengeance

Sistema: PlayStation 5

Desenvolvedor: Atlus

Jogadores: 1

Comprar com Desconto
89 Ranking geral de 100
Vantagens
  • Combate profundo e com muitas opções de build
  • Sistemas de fusão intuitivos e variados
  • Visuais de animações belíssimos
  • Ótimo design dos demônios e dos personagens
  • Quantidade absurda de conteúdo adicional
  • Trilha sonora única e com várias músicas imersivas
  • História muito impactante e com múltiplos finais
  • Localização para menus e textos em PT-BR
Desvantagens
  • Algumas falhas na tradução
  • Ausência do save automático prejudica jogadores desacostumados
André Custodio
André Custodio
Redator
Publicações: 6.709
Jogando agora: Madison VR
Fã de jogos de terror e desbravador de soulslike vez ou outra. Consegui me livrar de FIFA por motivos pessoais (ruindade) e hoje me sinto uma pessoa melhor. Também curto platinas, mas não vou atrás de algo que me tira do sério.