Review

Naruto Shippuden: Road To Boruto: Vale a pena?

por Renan Klopper
Naruto Shippuden: Road To Boruto: Vale a pena?

Antes de citarmos Road to Boruto, é salutar comentar que não seria exagero ou absurdo algum afirmar que Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 é a melhor adaptação de um anime/mangá para os videogames.

A análise que fizemos do game, de certa forma, deixa claro o que o jogo representa. E como a CyberConnect2 desenvolveu com maestria a adaptação da aclamada franquia.

Road To Boruto chega ao PS4 com a proposta de incrementar e agregar experiência ao já famigerado game lançado no início de 2016. A expansão foca no filho de Naruto, o protagonista da série.

No geral, ela não consegue alcançar o que a desenvolvedora fez com o modo história de Ultimate Ninja Storm 4. E também não é tão eficaz ao adaptar o filme que traz Boruto como protagonista.

Veja abaixo nossa análise completa do DLC Road To Boruto.

O jeito ninja!

Road to Boruto narra as histórias transcorridas ao longo do filme Boruto – Naruto The Movie. O mesmo se passa após todos os acontecimentos da história principal, um tempo depois do fim do modo história.

Boruto é um filho um tanto quanto rebelde que sente falta do pai, agora Hokage (o responsável por toda a Vila Oculta da Folha onde vivem). Assim como na infância de Naruto, seu filho também está seguindo seu caminho para se tornar um ninja, mas ele ainda tem alguns dilemas familiares que trava. Como ser filho da pessoa mais importante da Vila, por exemplo.

Naruto é um homem atarefado e ocupado, que tem pouco tempo para passar com seus filhos (Boruto e Himawari) e Hinata, sua esposa. Tudo isso faz com que o menino acabe se revoltando com seu pai, se tornando capaz de fazer qualquer coisa para chamar sua atenção. Até mesmo trapacear em um dos exames necessários para que se torne um verdadeiro ninja.

Em meio a todo o dilema familiar que também envolve a vida de uma nova geração de ninjas como o próprio Boruto, Sarada Uchiha (filha de Sakura e Sasuke), Mitsuki Shikadai (Filho de Shikamaru e Temari), entre outros, surge uma nova ameaça à Vila.

Sasuke contra Kinshiki Ōtsutsuki, um dos vilões que surgem em busca de Naruto.

A busca incessante pela Nove-Caudas

Para variar, os vilões estão atrás da Raposa de Nove Caudas que reside em Naruto. A chegada dos inimigos cria um novo conflito que envolverá tanto os já experientes Naruto, Sasuke e Gaara, como o próprio Boruto, que acabará descobrindo mais sobre o passado de seu pai. Algo que, até o momento, desconhecia, devido ao escasso tempo que ambos tinham juntos.

Com relação à adaptação do enredo do filme para o jogo, Road To Boruto peca ao não conseguir passar ao jogador a mesma sensação sentida. Tudo que o jogo principal faz com maestria no modo história, adaptando tantos episódios em uma só narrativa sólida, não é repetido na expansão, que adapta um filme de uma hora e meia.

Basicamente, o DLC parece presumir que todos que o estão jogando já conhecem toda a história e estão por dentro dos objetivos pessoais de cada personagem, bem como seus conflitos, tudo exposto no filme. As situações, no jogo, acontecem de maneira corrida e muita coisa importante é ignorada. Isso faz com que o jogador possa se perder ao tentar encontrar as ligações do roteiro.

Esse pequeno deslize talvez tenha surgido a partir de como a CyberConnect2 decidiu contar a história de Boruto.

Um passeio pela nova Vila da Folha

Para contar a história de Boruto, o jogo mescla o modo aventura com o modo história.

Isso significa que temos toda a Vila Oculta da Folha para explorar, uma pequena réplica do que fazemos no modo aventura, ao mesmo tempo em que a missão principal é dividida, assim como o modo história.

As missões paralelas, que são escassas, estão distribuídas no mapa e são apenas passatempos, que não passam de pedidos bem simples para realizarmos ações ainda mais simples. No fim das contas elas não agregam valor, visto que não possuem nada de história e as recompensas não são significativas.

Revivendo memórias em novas situações

O que realmente salva este estilo é que ao terminarmos a história principal da expansão, novas missões paralelas (chamadas de subevento) são desbloqueadas. Estas são as melhores missões de todo o DLC e aquelas que realmente agregam.

Os fãs de longa data poderão relembrar passagens memoráveis do anime e do mangá enquanto lutam com os personagens em suas versões antigas. Tudo amarrado na ótica de Boruto, que procura saber mais sobre o passado de seu pai e proporciona cenas jamais vistas em qualquer mídia. Enquanto os admiradores do jogo que porventura não conhecem a série poderão aprender mais e entender tudo que se passa neste universo.

Com relação às batalhas e mecânicas de combate, nada mudou. As novas cenas continuam impactantes e as batalhas das missões principais conseguem retratar bem tudo que se passa no filme, diferente do enredo.

Viver as batalhas em Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 continua sendo uma sensação indescritível. Mecânicas que proporcionam cenas ainda mais impactantes, se feitos de maneira correta, agregam muito ao gameplay. Toda a essência do jogo continua nas batalhas de Road To Boruto, seja nas mais simples ou nas mais grandiosas.

Vale a pena expandir?

Para chegarmos ao veredito devemos analisar o que realmente Road to Boruto traz à experiência de Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4.

Com relação à trilha sonora e visual, o jogo continua na mesma pegada. Nada que necessite ser mencionado foi acrescentado, exceto que a localização continua o bom trabalho do jogo original, exceto por alguns poucos personagens. Nada que comprometa.

No quesito jogabilidade, e necessário pontuar a opção do modo aventura, que passa a realmente agregar em termos de história e gameplay só ao terminarmos as missões principais. Esta, uma boa adição.

A história em si deixa a desejar, fazendo com que a principal motivação por trás de viver a experiência de Road to Boruto seja realmente a adaptação das batalhas do filme e das histórias paralelas, que possuem Boruto como protagonista e sempre trazem de volta alguns personagens clássicos e aclamados da franquia em situações jamais vistas.

Embora a adição de personagens seja sempre um fator relevante ao avaliarmos uma expansão, Road To Boruto traz poucos novos personagens. E estes não chegam a fazer tanta diferença frente a quantidade de personagens disponíveis que o jogo já possui.

Portanto, com tudo explanado até aqui, Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 – Road To Boruto é a expansão ideal para ser adquirida em uma edição completa do jogo, por exemplo. Sozinho, é um DLC que fará bom uso de suas economias quando surgir em uma boa promoção.

Renan Klopper
Renan Klopper
Publicações: 429
Jogando agora: Nada no momento.
Ex-redator.