Review

MultiVersus: vale a pena?

Gratuito e com um elenco de lutadores estrelado, jogo tem um gameplay capaz de atrair o público

por Jean Azevedo
MultiVersus: vale a pena?

MultiVersus é um jogo gratuito com personagens carismáticos e envolventes. Depois de um período beta aberto em 2022, finalmente ele está disponível de forma completa no PS5, com um gameplay capaz de conquistar os fãs de brawlers.

Mesmo com um elenco repleto de grandes estrelas, quem brilha mesmo é o gameplay: o título não se baseia nos crossovers para cravar seu lugar como um interessantíssimo jogo de luta. 

Se divertir em MultiVersus é fácil

O combate em MultiVersus começa com a escolha dos personagens e em torno da sua estratégia de batalha.

Seja no 1v1 ou no 2v2, as partidas são decididas contando os números de expulsões do cenário. Na batalha solo são apenas três, enquanto em duplas são quatro. Quem chegar ao número necessário primeiro, vence.

Essas opções incluem Batman e Superman (DC), Arya Stark (Game of Thrones), Pernalonga (Looney Tunes) e muito mais, cada um com habilidades únicas. Elas são inspiradas por suas histórias e personalidades, mas o mais importante, todas contam com um impacto diferente no gameplay.

MultiVersus menu
Finn e Pernalonga se exibindo no lobby (Fonte: Jean Azevedo)

Batman usa gadgets e combate corpo a corpo, enquanto isso, Pernalonga prefere ataques à distância e truques cômicos. Superman utiliza voo e força sobre-humana. Já o Jason Vorhees, por exemplo, tem várias ferramentas de ataque, mas o seu forte mesmo é aguentar pancadas. Essa diversidade obriga os jogadores a pensar estrategicamente.

MultiVersus brilha no combate 2v2. A cooperação entre os jogadores é essencial. Compreender as habilidades do próprio personagem e as do parceiro é a chave para o sucesso.

Um exemplo é Finn (A Hora de Aventura), que pode se beneficiar das habilidades de suporte do Steven Universo. A comunicação eficaz pode virar a maré da batalha, deixando os combos mais poderosos e duradouros ao longo do confronto, e estendendo sua permanência na arena por um pouco mais de tempo.

Mas como assim estendendo a permanência na arena? O sistema de combate de MultiVersus é fácil de aprender, mas difícil de dominar. 

Cada personagem possui um “peso” e um “limite” de golpes que pode suportar. Seus ataques influenciam um contador embaixo do inimigo e quanto maior ele estiver, mais chances de ser expulso da arena seu alvo tem. 

MultiVersus 2v2

Contudo, nem tudo funciona do mesmo jeito para todos os personagens. O dano entregue pode ser o mesmo, mas a Arlequina, que é um pouco mais “leve”, é expulsa com mais facilidade em relação ao Jason, por exemplo, um boneco mais “tanque” e difícil de levantar com golpes leves.

Melhor do que o combate 2v2 de MultiVersus é o 1v1. Lá não há estratégia e a coisa funciona de uma maneira mais freestyle, por assim dizer. Sem um companheiro para cobrir seus possíveis erros, sua vitória depende somente da sua habilidade, por isso, os personagens de suporte acabam ficando “menos poderosos” por aqui.

A essência do combate permanece a mesma, porém, cada sequência de golpes passa a ter um peso maior na decisão das partidas.

Além da sequência de golpes, a profundidade aparece em mecânicas avançadas como esquivas, contra-ataques e combos. Apertar quadrado libera um golpe simples e segurá-lo solta um ataque carregado, enquanto o botão círculo ativa uma animação de “escape”.

O triângulo costuma trazer interações únicas para cada um dos personagens, como invocar poderes mais elaborados ou até fazer upgrades temporários no meio dos confrontos.

MultiVersus menu de personagem Finn
Menu para personalizar o Finn em MultiVersus (Fonte: Jean Azevedo)

Para melhorar, o jogo inclui um sistema de perks, permitindo personalização das habilidades dos personagens que podem ser trocados antes de entrar nas partidas.

Coringa e Finn em MultiVersus
(Fonte: Jean Azevedo)

Essas configurações mexem com a saúde do seu lutador, podem aplicar multiplicadores nos golpes ou aprimorar a resistência deles. Elas são liberadas conforme se joga e progride com o guerreiro escolhido, então, é necessário ter um pouco de maestria para fortalecê-los.

Outro ponto importante no gameplay de MultiVersus são os cenários. Cada mapa possui elementos e perigos únicos que podem ser usados estrategicamente. A Batcaverna, por exemplo, tem plataformas móveis e armadilhas.

Apesar de ter muitas “pré-configurações”, MultiVersus é um jogo muito acessível. Você não precisa ser um expert em títulos de luta para aproveitar a jogatina e sair vitorioso, assim, a experiência acaba sendo bastante agradável. E caso o ambiente online não chame sua atenção, o modo Fendas está disponível.

Nele, você joga uma espécie de campanha com um personagem escolhido e avança com base em uma dificuldade pré-estabelecida. Dependendo do nível, seus oponentes não tomarão “agarrões”, por exemplo, e o acúmulo de joias será maior, permitindo que o jogador evolua para enfrentar desafios maiores.  

Com todas essas opções, MultiVersus acaba sendo muito divertido, independente da proposta que você procura. O 2v2 é digno de ganhar destaque no eSports, enquanto o 1v1 é mais desafiador. Para fechar com chave de ouro, o modo Fendas chega para completar a experiência.

MultiVersus tem pontos fortíssimos na imersão

Muitos de nós cobramos a Bandai Namco pelas vozes em PT-BR nos jogos de Dragon Ball. Afinal de contas, crescemos com dubladores marcantes dando vida a esses personagens icônicos.

Aqui, a Warner e a Player First Games acertaram em cheio para trazer o público do nosso país ao jogo. Os personagens usam as mesmas expressões mostradas nas animações e isso é algo muito imersivo e bacana de acompanhar.

Além disso, há uma série de cosméticos especiais que destacam momentos diferentes dos lutadores em suas respectivas animações. Há roupas especiais para cada um deles que remetem a um episódio, colaboração ou longa.

A melhor parte? Grande parcela desses cosméticos são obtidos com moedas obtidas coletadas enquanto se joga.

Seguindo por esse caminho, o desbloqueio dos personagens é outro ponto positivo: não é complicado ou demorado para tê-los no seu elenco.

Mesmo com a comunidade ajudando bastante, o jogo carece de melhorias…

MultiVersus recebe atualizações regulares, introduzindo novos personagens e balanceando o combate. O feedback da comunidade é constante e utilizado pelos desenvolvedores para melhorar o jogo, contudo, mesmo com esse retorno valioso dos fãs, nem tudo está perfeito.

A Player First ainda não conseguiu colocar o netcode como estava no beta, afinal de contas, foi feita uma troca de motor gráfico para a Unreal Engine 5. Em determinados momentos, é notável que alguns acertos não atingem os oponentes quando deveriam ou saem um pouco “atrasados”.

Outro desconforto gira em torno do número de recursos dentro de MultiVersus. Há o Gleamium que pode ser comprado com dinheiro real ou obtido cumprindo missões, a Moeda de Lutador para comprar novos guerreiros, a Moeda de Vantagens para aprimorar seus personagens… e por aí vai.

Isso complica o entendimento dos sistemas e deveria ser mais simples. Existe espaço para melhorias na interface para extrairmos o que há de melhor em personalização e ferramentas, mas infelizmente, no momento, elas estão desorganizadas demais.

MultiVersus: vale a pena?

Finn em MultiVersus

MultiVersus é divertido e tem tudo o que é necessário para fazer sucesso. A jogabilidade responsiva, mesmo com falhas, não deixa de ser seu principal atrativo.

O elenco é muito bem montado e suas habilidades condizem com a história por trás de cada um deles, adicionando mais imersão à proposta. E falando em imersão, jogar ouvindo os guerreiros em PT-BR é uma sensação nostálgica.

Não apenas nostálgica, a dublagem é bem-feita. Combinada com essas vestimentas adicionais, o título fica completo, e além de tudo, é gratuito, tem crossplay e crossprogressão. Combo completo para chamar os amigos pra jogatina.

MultiVersus se destaca com facilidade, e por se tratar de um game como serviço que deve ficar online por anos. Por esse motivo, a Player First precisa continuar ouvindo os jogadores.

Há espaço para melhorias consideráveis. No momento, vale muito a pena, daqui a alguns anos, dependerá do suporte dos desenvolvedores, mas tudo indica que essa opinião será mantida.

Veredito

MultiVersus
MultiVersus

Sistema: PlayStation 5

Desenvolvedor: Player First Games

Jogadores: 1-4

Comprar com Desconto
80 Ranking geral de 100
Vantagens
  • Divertido e com gameplay fácil de entender
  • Elenco com vozes em PT-BR
  • Modos de jogos capazes de entreter todos os públicos
  • Combate e visual altamente personalizáveis
  • Desbloqueio dos personagens não é demorado
Desvantagens
  • Comandos às vezes não são tão responsivos
  • Sistemas e interface causam confusão por excesso de informação
Jean Azevedo
Jean Azevedo
Redator
Publicações: 8.399
Jogando agora: EA Sports FC 24 | LEGO Fortnite
Talvez eu goste mais de Marvel's Spider-Man do que deveria.