Notícias

Jogadores relatam vazamento de dados no FIFA 20

Deu ruim?

por Thiago Barros
Jogadores relatam vazamento de dados no FIFA 20

O primeiro final de semana de FUT Champions da temporada nem começou, e os jogadores de FIFA 20 já estão de cabeça quente. E, dessa vez, não é por causa da dificuldade do jogo ou dos problemas de conectividade, mas sim por vazamentos de dados. Vários players vêm relatando casos “curiosos” de informações divulgadas erroneamente pela EA Sports.

Quem falou primeiro sobre o caso foi o @FutSpy, no Twitter. Segundo ele, a empresa “está vazando” os dados de quem se cadastrou para a disputa da Global Series, modo oficial dos e-Sports de FIFA 20. Ao que parece, o link para criar uma conta no site foi tirado do ar um pouco depois das primeiras reclamações.

Segundo @Marshall89HD, o que estava acontecendo é que se um jogador fosse ao site se cadastrar, veria as informações da última pessoa que se registrou. O caso atingiu tanto os jogadores “verificados”, que participam dos torneios oficiais, como dos novatos e “casuais” que buscam uma chance de virarem profissionais.

Há diversos relatos de jogadores que receberam mensagens de verificação de segurança – como se outras pessoas estivessem tentando fazer login em suas contas.

https://twitter.com/CallMeDexterity/status/1179754074528473088

O youtuber Kurt, um dos mais famosos e polêmicos jogadores da história de FIFA, criticou não só isso, como também a falta de melhorias nos prêmios em dinheiro aos ciberatletas.

Outro famoso influenciador, Nick, do canal Run The FUT Market, sucesso no YouTube e nas transmissões ao vivo na Twitch, foi outro que se manifestou sobre o assunto. Segundo ele, está na hora de a EA assumir seus erros e pagar por eles.

Até ChuBoi, que é um dos influenciadores mais ligados à EA Sports, falou sobre o caso. Ele dá a dica para todos ativarem a verificação em dois passos nas suas contas da Origin.

Até o momento a companhia não se posicionou sobre o assunto em suas redes sociais.

Falha em FIFA 20 vai dar processo?

Aqui no Brasil, a e-Flix Sports falou sobre o caso e disse ter recebido relatos de pro-players que tiveram as contas invadidas e perderam milhões de moedas no Ultimate Team.

https://twitter.com/E_Flix_/status/1179735402695012352

Na Europa, o perfil Fut Arrows fala na possibilidade de processo à EA Sports. Segundo ele, é possível enquadrar a empresa na Lei de Proteção de Dados (GDPR), de 2016. Caso isso seja verdade, é bem provável que a companhia perca um bom dinheiro.

A GDPR prevê multa de 2% da receita anual às empresas que violarem os dados de seus usuários. Ou seja, no caso da EA, seria cerca de US$ 100 milhões, segundo apuração de internautas.

Resta, agora, apenas aguardar um posicionamento oficial sobre o vazamento e também o início do FUT Champions, previsto para essa sexta-feira (4). Afinal, muita gente pode ser prejudicada, pois ele já conta pontos para o desempenho rumo aos torneios presenciais.

Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos