Notícias

In Rays of the Light promete assustar os jogadores no PS4 e no PS5

Remake de The Light (2012) desembarca nos consoles após período de exclusividade na Steam

por Vítor Amorim Heringer
In Rays of the Light promete assustar os jogadores no PS4 e no PS5

A publicadora Sometimes You lançou, na última quarta-feira (17), In Rays of the Light, remake de The Light (2012). O título procura discutir o pertencimento das pessoas “neste mundo, na vida e na morte” e foi criado por um único desenvolvedor, o russo Sergei Noskov.

O game já estava disponível na Steam desde junho de 2020. Agora, também chega ao PS5, PS4, Xbox One e ao Nintendo Switch.

Confira a sinopse:

Só existe você, os restos abandonados de uma vida anterior e a natureza florescente que se sente muito bem com a ausência do homem. Este mundo é simultaneamente sombrio e vazio, mas tão incrivelmente belo. “Nos raios da luz” é uma parábola atmosférica do autor sobre o nosso lugar neste mundo, vida e morte. Explore um território misterioso cheio de uma variedade de detalhes que revelam a história. Resolva quebra-cabeças de lógica e estude mensagens de texto pelo caminho.

In Rays of the Light promete assustar os jogadores em certos momentos e pode ser concluído em apenas uma hora. No trailer de lançamento, é possível ver puzzles que os fãs precisarão decifrar e o clima de mistério do jogo. A história retrata as emoções da Guerra Fria, período de tensão política entre EUA e União Soviética.

Características de In Rays of the Light

Por meio da página oficial do jogo na PlayStation Store, a publisher forneceu mais detalhes do título. Veja:

  • Missão meditativa na primeira pessoa;
  • Uma história filosófica metafórica revelada no estudo dos detalhes e do meio;
  • Belos visuais e banda sonora melódica (composta por Dmitry Nikolaev);
  • Dois finais.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.