Notícias

Diretor de God of War defende jogos single-players lineares; saiba mais

Produtor de GoW destacou seu ponto de vista.

por Daniel dos Reis
Diretor de God of War defende jogos single-players lineares; saiba mais

Após a EA anunciar o fechamento da Visceral Games – estúdio responsável pela ótima saga Dead Space – e anunciar mudanças drásticas no desenvolvimento do novo Star Wars, Cory Barlog, produtor de God of War, saiu em defesa de jogos single-player com narrativas mais lineares.

Barlog, por meio da rede social Twitter, fez questão de exaltar a importância das narrativas cinematográficas lineares, explicando que os jogos ainda podem ser dinâmicos, mesmo cultivando uma proposta mais sequenciada.

https://twitter.com/corybarlog/status/920729024401477633

Eu amo jogos single-player lineares. Me deixa triste quando a palavra ‘linear’ é considerada uma coisa ruim. É possível um jogo dinâmico com uma história linear.

A defesa de Cory foi em virtude da mudança de perspectiva do novo jogo de Star Wars da EA. Inicialmente, o título seria focado em um enredo single-player, contudo passará a ser um game altamente focado em opções de múltiplos jogadores.

Curiosamente, Amy Hennig, roterista e umas das pessoas mais importantes da saga Uncharted foi contrata justamente para desenvolver um jogo single-player. Agora, com esta mudança, o futuro do título ficou um pouco incerto.

Santa Monica oferece oportunidades

O desmantelamento da Visceral Games foi um golpe muito sentido pelos demais estúdios de videogames dos Estados Unidos. A própria Santa Monica, responsável por God of War, se disse solidária aos desenvolvedores demitidos. O perfil oficial do estúdio até publicou uma mensagem informando que está em busca de pessoas talentosas, oferecendo um link para cadastro de currículos.

E você, prefere jogos single-players com narrativas mais lineares ou propostas mais abertas com foco no multiplayer?