YouTube

Gol de videogame! Villani explica o uso de bordões em FIFA 21

por Pedro Sciarotta
Gol de videogame! Villani explica o uso de bordões em FIFA 21

“Gol de videogame!”, “joga a luva, goleirão!”, “‘tá com frio? Pega esse lençol!”. Esses são alguns dos bordões consagrados por Gustavo Villani, o novo narrador da série FIFA. Em nossa entrevista exclusiva (veja o vídeo abaixo), perguntamos: como foi transportar esses bordões clássicos para o FIFA 21?

Em primeiro lugar, Villani faz questão de ressaltar que nenhum dos bordões foi criado por ele.

Tudo o que eu uso na transmissão da televisão, e que estou carregando para o FIFA, eu aprendi na rua, com boleiros profissionais e amadores. Eu presto muita atenção na linguagem do futebol, e o que eu gosto eu trago para a transmissão.

De forma geral, Villani explica que os bordões serão usados em FIFA 21 da mesma forma que são usados nas situações de jogo na televisão. No entanto, ele aproveita para explicar o contexto do famoso “gol de videogame”, que alguns confundem com um simples gol bonito.

Diferentemente do que algumas pessoas pensam, o ‘gol de videogame’ não é um golaço qualquer. Ele é um gol trabalhado, um gol tiki-taka da Espanha campeã do mundo em 2010. É um gol de triangulação, de tabela – conta Villani.

Villani ainda explica o uso de outros bordões. “Joga a luva, goleirão!”, é uma defesa em que o goleiro salta, mas não alcança. Quando o goleiro fica pregado, eu não falo ‘joga a luva, goleirão!”’. Já a frase “‘tá com frio? Pega essa lençol!” é usada pelo narrador em jogadas de cavadinha ou de chapéu. “O que eu uso na televisão, eu trago para o game, com toda a liberdade que a Electronic Arts me deu”, conclui Villani.

FIFA 22 com artilheiro ketchup?

Nossa entrevista ainda rendeu um pequeno teaser do que podemos esperar como novidade na narração para o FIFA 22. Daniel Perassolli, responsável pela localização brasileira da série FIFA na Electronic Arts, já vê o caminho para que outros bordões usados por Gustavo Villani entrem no jogo nos próximos anos.

“Esses dias eu estava vendo um jogo do Palmeiras e o Villani soltou o ‘artilheiro ketchup’”, começa Perassolli, falando sobre a expressão que se refere a um jogador que está há muito tempo sem marcar e então desanda a fazer gols – ou sai muito ou não sai nada, como um frasco de ketchup. “Não sei se ele falou isso pela primeira vez agora”, continua Perassolli, que não ouviu a expressão em nenhuma transmissão de Villani durante a preparação para a narração de FIFA 21. E adianta: “No FIFA 22, a gente vai encaixar o ‘artilheiro ketchup’ de alguma maneira. O que ele for inserindo na narração dele na vida real, nós vamos colocando no FIFA nos anos seguintes”.

Confira a íntegra da nossa entrevista exclusiva com Gustavo Villani, o novo narrador de FIFA, e Daniel Perassolli, o responsável pela localização brasileira da série na EA. A resposta sobre o uso dos bordões em FIFA 21 pode ser vista a partir do minuto 11:39.

Receba as novidades do meuPS no email

Nós não enviamos spam :)

Ao clicar em receber novidades você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade. Você pode optar por parar de receber os emails a qualquer momento.