Listas

10 fatos incríveis sobre diversos games

por Raphael Batista
10 fatos incríveis sobre diversos games

Muitos jogos escondem finais alternativos, mapas e bosses secretos, lendas conspiratórias sobre o enredo, que muitos gamers não fazem a mínima ideia de que existem. Aqui estão 10 causos absurdamente cômicos (e alguns bizarros) de jogos para você bancar o sabichão do mundo dos games na roda de seus amigos:

1. Sillent Hill 2 com final alternativo: Cachorro do Capiroto

A série Sillent Hill é lembrada com nostalgia por muitos gamers. É considerada a saga de um survival horror verdadeiro, com muitos sustos, paisagens sombrias e monstros de arrepiar (Cabeça de Pirâmide que o diga!). Porém, um final alternativo de Sillent Hill 2 contradiz todos estes aspectos.

Ao terminar o jogo, é possível adquirir uma chave com um formato de osso e usá-la para abrir uma porta secreta na nova jogatina. Ao entrar na sala, James se depara com o responsável de todos os eventos macabros do game: um cachorro com um headset usando um super-computador. Um final cômico e, convenhamos, muito bizarro também.

O vídeo a seguir mostra como "diabólico" era o cachorro:

2. Google viciado no Star Fox 64

Considerado como o melhor jogo da franquia, Star Fox 64 é aclamado pela sua jogabilidade, enredo e horas e horas de pura diversão. Uma frase pertinente durante o game é a expressão “do a barrel roll”, que significava um giro de 360º para se esquivar dos inúmeros tiros que tentavam acertar a nave.

Essa frase foi tão marcante, que o Google a levou a sério. Se você digitar “do a barrel roll” na página inicial do Google, é hilário ver a tela dando um giro apenas para ser aquele referência que todos nós, gamers, adoramos.

                                         DO A BARREL ROLL

3. Lara avantajada

Lara Croft é um ícone dos video games por ser uma das mulheres mais destemidas, aventureiras e sensual de todos os jogos. Uma combinação entre perigo e beleza, como não se apaixonar?

O porte físico da protagonista foi resultado de uma descontração do desenhista Toby Gard. Toby tinha “inflado” os peitos de Lara em 150% por brincadeira e alguns designers que trabalhavam no jogo, gostaram do corpo e decidiram torná-lo o oficial.

LARA CROFT

4. Quanto ca$h!

O jogo mais raro do Nintendo NES é o “Nintendo World Championships” tendo apenas 116 unidades existentes em circulação. Devido a esta número limitado, os cartuchos que vão à leilão são vendidos por uma fortuna (considerado para um cartucho de um console dos anos 80).

O game possui duas versões de cartuchos: cinza e o dourado. O primeiro é vendido por um preço menor do que o segundo, já que existem em maiores quantidades. Em um leilão, o cartucho cinza foi vendido à 10.000 dólares, enquanto o dourado fora vendido à 33.000 dólares.

VERSÃO CINZA E DOURADO

5. Esperou, esperou, esperou… E morreu

O mestre Hideo Kojima, criador da franquia Metal Gear, é o responsável pelo sucesso indiscutível da série que vem desde 1987. Dentro desse universo sério de política, guerras e intrigas, o lado cômico de Kojima aparece sempre que possível. Como não rir ao lembrar de Otacon todo urinado depois do Gray Fox tê-lo apavorado? É dentro deste mesmo clima que é possível “finalizar” o antagonista The End em Metal Gear Solid 3.

Em MGS3, no controle de Naked Snake, em dado momento é necessário que o protagonista enfrente o vilão The End, que fica camuflado em meio à selva e é preciso descobrir sua localização e surpreende-lo. No entanto, é possível ganhar dele sem necessariamente enfrenta-lo.  No local da batalha, salve o jogo e avance a data do videogame por uma semana. Quando voltar ao jogo, será passado uma cut-scene dizendo que The End morreu de velhice, espionando Snake e nunca ter conseguido atingi-lo.

Uma dica bem legal para quem está com dificuldades de passar dessa parte haha.

THE END

6. Psycho Mantis lendo seu Memory Card

Ainda na franquia de Hideo Kojima, em Metal Gear Solid 1 um dos maiores ícones antagônicos era apresentado: Psycho Mantis, um psicopata que usava poderes telecinéticos para controlar seus inimigos e matá-los.

Apesar de ser uma criatura sombria, um momento singular revelava um lado zoeiro de Mantis: se o jogador tivesse algum save de outro jogo da Konami, o telecinético citava o nome do game no meio do Metal Gear! Nada como ir dormir sabendo que um psicopata sabe o que você está jogando. Obrigado Kojima.

PSYCHO MANTIS

7. Jackie Chan e Bruce Lee, lutadores nos filmes e no Pokémon

Os pokémons do tipo lutadores são conhecidos por usarem o combate corpo-a-corpo à seus favores. Com isso, dois pokémons tiveram nomes escolhidos para homenagear dois mestres das artes maciais: Hitmonchan, que representa Jackie Chan, e Hitmonlee, que representa Bruce Lee. Além do nome e dos estilos de combate, não há qualquer outra semelhança rs.

HITMONCHAN E HITMONLEE

8. 0800 KR4T05

Podemos dizer que após Crash (saudades), Kratos tornou-se o “mascote” da Sony, sendo esse o ícone da logomarca e sendo reconhecido por todos os gamers. É por isso que seus jogos sempre receberam muitas atenções em todos os aspectos, principalmente o marketing. Por uma estratégia de divulgação, é possível ouvir uma ligação entre Kratos e seu criador, David Jaffe.

No final do primeiro God of War, após derrotar o Ares, é preciso bater nas estátuas que estão ao pé do trono. Após terem sido destruídas, o jogador recebe um número de telefone e ao ligar para esse, é possível ouvir Kratos matando o seu criador. No modo “God”, a mensagem é diferente.

KRATOS

9. O mundo pós-apocalíptico de The Last of Us está próximo, pelo menos para as formigas

Sim, a partir de agora é seu dever estocar mantimentos para sobreviver a um mundo devastado por estaladores! O fungo que contaminou quase toda a população mundial do jogo existe de verdade, mas somente afeta animais pequenos (até agora).

O Cordyceps (Ophiocordyceps unilateralis) solta esporos que são capazes de invadir o sistema nervoso do hospedeiro e transformá-lo em um zumbi, tendo o único propósito de satisfazer o parasita. Os seres mais afetados são as formigas da espécie Camponutus Leonardi.

Quando dominadas pelo Cordyceps, elas sobem em plantas e fincam suas presas em algumas folhas, onde é mais proveitoso ao fungo, e ficam ali até morrer. O parasita continua se desenvolvendo através do corpo da formiga e dos nutrientes absorvidos pela folha. As Formigas Zumbis (como são chamadas) é um caso em que o parasita muda totalmente o comportamento natural do hospedeiro.

FORMIGAS ZUMBIS

10. O possível 17º colosso em Shadow of Colossus

“Shadow of Colossus”, ouvir essas palavras é lembrar de algo muito bom e que, com certeza, deixa muitas saudades. O jogo de Fumito Ueda marcou a geração de consoles por apresentar um jogo que inovava em muitos aspectos e que trazia um elemento peculiar: uma história subjetiva e não linear. Acompanhar Wander e Agro, derrotando os colossos, dão-nos uma sensação de heroísmo que, no entanto, a conclusão do jogo contradiz todas as nossas idealizações de “super-herois” para mostrar que nem tudo é preto no branco.

O game passou por diversas reformulações, algumas sendo seriamente drásticas, mas no fim, chegou-nos uma obra prima. Devido a essas reformulações, colossos foram excluídos do projeto. Inicialmente, eram 36 e que restaram os 16 da versão final. Porém, uma teoria foi criada e afirmava que existia um 17º colosso escondido no jogo, esse era Avus, conhecido como Black Bird.

Tais rumores apareceram justamente pois jogadores avistaram o Black Bird sobrevoando as Forbbiden Lands e muitos acreditavam de que era possível enfrentá-lo. A verdade é que, mesmo que Avus estivesse voando, era apenas um bug. Este “pássaro negro” estava incluído no projeto original do jogo (dentro dos 36 colossos iniciais), mas ele foi cortado de última hora, sendo que não fora apagado totalmente e este restante de dados presentes no game, possibilitava vê-lo em determinadas partes do mapa.

Infelizmente não poderemos desenterrar nossos PS2 para enfrentarmos o “novo” colosso.

BLACK BIRD

11. RODADA BÔNUS: O Cabeça de Pirâmide é brasileiro!

Voltando à saga Silent Hills, o Cabeça de Pirâmide é uma das personagens mais assustadoras que já apareceu nos consoles. Se não bastasse a macabra cabeça em formato de uma pirâmide e seu cutelo gigantesco, ele aparecia de forma súbita que levava o jogador a sentir altas dosagens de adrenalina. Mas existem fãs que não possuem medo do imenso psicopata, mas o admira. Esse é o caso de Marcos Capella.

Em 2014, uma imagem viralizou em sites estadunidenses: um Cabeça de Pirâmide que estava no mesmo ambiente em que Sillent Hills se passava. O cosplayer era Marcos Capella e ele revelou que tirou a foto às 2 horas da manhã para aproveitar a neblina que reproduzia exatamente a paisagem do jogo. O trabalho de Marcos você confere nesta imagem, que ficou show de bola:

CABEÇA DE PIRÂMIDE

Então caro leitor, gostou dessas curiosidades? Já sabia de algumas? Conhece outros segredos, ou conspirações, ou teorias? Compartilhe sua opinião e enriqueça este artigo!